Edição 1072

PorExpresso das Ilhas,15 jun 2022 0:14

Estudar fora ou pretexto para a emigração? Esta é uma questão que o Expresso das Ilhas tenta esclarecer na reportagem que faz a manchete esta semana.

Depois das Provas Gerais Internas (PGI) do 12º ano é chegado o momento da escolha do curso universitário. Mas, para um grupo de cabo-verdianos a ansiedade gira em torno de outro grande e decisivo acontecimento: concorrer a uma vaga de estudo e fazer as malas para o exterior. Esses jovens embalam numa tendência que já se vem tornando “algo cultural” nos últimos anos – a ideia de que conseguir uma vaga de estudo é uma forma de sair do país para viver na Europa, sem necessariamente estudar. Leia os testemunhos, e as análises deste fenómeno de perda de capital humano, nesta edição.

Com o mundo em situação de crise alimentar, à qual Cabo Verde não escapa, a entrevista com o ministro da Agricultura e Ambiente Gilberto Silva é também destaque. Há quase dois anos que os preços dos alimentos têm vindo a subir de forma acentuada. A guerra da Ucrânia veio aumentar a escalada, catapultando esses preços para novos recordes. A insegurança alimentar está a agravar-se em todo o mundo, e o espectro da fome ameaça milhões de pessoas. Em Cabo Verde, país que importa mais de 80% dos produtos que consome, a situação é, claro, também complicada. Contudo, acredita o ministro da Agricultura, todas as medidas que estão a ser tomadas pelo governo deverão evitar que se chegue ao extremo de ter Fome em Cabo Verde. Em conversa com o Expresso das Ilhas, Gilberto Silva fala de algumas medidas em curso e propostas sobre a mesa para mitigar os impactos da crise alimentar na população, e que passam por bonificações, compras agrupadas de cereais e disponibilização de emprego público temporário para ajudar ao rendimento. Algumas são extensões de medidas já tomadas perante a pandemia e a seca, outras tomadas assumidas depois do deflagrar da guerra e recrudescimento dos problemas. A incerteza sobre os próximos tempos é muita, mas há já uma certeza: o fim da crise não será amanhã…

Chamada ainda na primeira página para as “lições” o economista e académico António Rebelo de Sousa, na conferência "Dos Cenários Alternativos da Economia Mundial ao Futuro de Cabo Verde no Contexto Internacional”. Nesta fase agitada da vida internacional, e também de Cabo Verde, deve-se tomar decisões. É preciso ser-se imaginativo, construir um projecto de futuro e criar condições para o sucesso. Mas não basta criar estas condições, é preciso mesmo ser-se bem-sucedido. “Sem um projecto de futuro consistente, não há um sentido para o presente”, disse o especialista.

Cabo Verde vai ter avião para evacuações. A autorização para a aquisição já foi dada pelo governo e a compra da aeronave visa reduzir as dificuldades e os constrangimentos existentes em matéria de evacuação sanitária, bem como de busca e salvamento no mar. O processo de aquisição é efectuado através da Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea, S.A. (ASA S.A), que, mediante contrato de usufruto, disponibiliza a aeronave à Guarda Costeira.

Entretanto, o governo aprovou novas medidas para mitigar a crise que vivemos. Conheça-as nesta edição.

“Alcindo”, o racismo e a sua negação no país dos brandos costumes é outro artigo em destaque. “Alcindo” é uma longa-metragem portuguesa, sobre o cabo-verdiano assassinado nos anos 90 e que estreou em Outubro do ano passado. Mindelo pôde vê-la pela primeira vez, na presença do seu realizador Miguel Dores.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,15 jun 2022 0:14

Editado porA Redacção  em  15 jun 2022 11:37

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.