Colunas inteligentes

PorExpresso das Ilhas,8 jan 2018 6:41

Uma das mais recentes colunas Echo, da Amazon
Uma das mais recentes colunas Echo, da Amazon

​A miríade de aparelhos electrónicos que são lançados todos os anos não são apenas ferramentas utilitárias.

 Segundo o jornal Público, na sua edição de 30 de Dezembro, mudam rotinas, criam necessidades, são símbolos de sucesso, ajudam a construir estilos de vida, e trazem tecnologias sofisticadas – como a inteligência artificial – para momentos banais do quotidiano.


Colunas falantes

As assistentes são virtuais, mas têm uma forma física – a de pequenas colunas capazes de responder a perguntas, de se ligarem a serviços online e, em alguns casos, a outros aparelhos domésticos. São uma das tendências recentes na electrónica de consumo e as grandes empresas de tecnologias, cuja presença se sente em cada vez mais aspectos do quotidiano, estão a apostar nestes aparelhos para levar as suas tecnologias de inteligência artificial aos (poucos) momentos do dia-a-dia a que os telemóveis ainda não tinham chegado: é possível perguntar pelo trânsito enquanto se toma o pequeno-almoço, fazer encomendas online enquanto se prepara o jantar e fazer perguntas sobre a agenda do dia seguinte antes de ir para a cama. E também servem para ouvir música.

A Amazon lançou este ano três novos modelos das suas colunas: uma nova geração da Echo, que permite a interacção através de comandos de voz; a Echo Plus, que pode ainda ser ligada a outros dispositivos em casa, como lâmpadas inteligentes; e o pequeno Echo Spot, que se assemelha a um despertador e tem um pequeno ecrã de 2,5 polegadas. Todas têm lá dentro a tecnologia da assistente virtual Alexa.

De forma semelhante ao que acontece nos smartphones, para os quais qualquer pessoa ou empresa pode desenvolver uma aplicação, é possível criar para a Alexa aquilo a que a Amazon chama skills (“competências”). Na prática, são aplicações de voz, que podem ser activadas para os aparelhos com a Alexa. Uma skill criada pela BBC, por exemplo, dá ao utilizador os principais títulos do dia. Há muitas mais.

No mês de Dezembro, segundo a mesma fonte, a empresa anunciou que ia alargar a venda da gama Echo a mais países onde poderiam ser usados com comandos de voz em inglês. Os novos modelos custam no site da Amazon entre 80 e 150 dólares.

Já a Microsoft decidiu este ano entrar na corrida, numa parceria com a fabricante de equipamentos de som Harman Kardon. A coluna, chamada Invoke, é vendida apenas nos EUA e está equipada com a assistente Cortana (os nomes para estes sistemas tendem a ser femininos). O Google, por seu lado, tem as colunas inteligentes Home, com modelos de diferentes tamanhos. A Apple anunciou no ano passado a Homepod, com a assistente Siri, que deverá ser lançada em 2018.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 839 de 27 de Dezembro de 2017. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,8 jan 2018 6:41

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.