Telescópio da NASA descobre uma 'Super-Terra' e uma 'Terra muito quente'

PorExpresso das Ilhas, Agências,27 set 2018 16:12

A descoberta foi feita pelo telescópio Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS) ou Satélite de Rastreio de Exoplanetas em Trânsito, em português.

Em apenas cinco meses, o telescópio TESS já enviou para a Terra importantes informações acerca do Universo.

Segundo a NASA, o TESS encontrou uma 'Super-Terra' que orbita a estrela Pi Mensae (semelhante ao nosso sol mas com um tamanho mais reduzido) e que se encontra a 59,5 anos-luz de distância da Terra. Este exoplaneta pertence à constelação Mensa.

Três dias depois, o mesmo telescópio encontrou a ‘Terra muito quente’, também noutro sistema solar.

Este planeta extra-solar é maior do que a Terra e orbita a estrela-anã vermelha LHS 3844 que se encontra a 49 anos-luz de distância do nosso universo.

Segundo as informações divulgadas, este planeta não é habitável uma vez que demora apenas 11 horas a fazer a órbita, o que significa que é muito quente.

O telescópio TESS, recorde-se, foi lançado em Abril com o propósito de encontrar planetas que se encontram fora do nosso sistema solar.

Na missão TESS participa o investigador Tiago Campante, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, que esteve envolvido no planeamento científico, nomeadamente na selecção de estrelas-alvo a observar.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Agências,27 set 2018 16:12

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 jun 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.