"Estou convencido que encontrámos vida em Marte nos anos 1970"

PorExpresso das Ilhas,17 out 2019 8:21

Antigo investigador da NASA revela que a agência decidiu ignorar as provas recolhidas pelas sondas Viking.

Um antigo investigador da NASA, Gilbert V. Levin, é o autor de um novo artigo no Scientific American onde afirma que a agência encontrou provas de vida em Marte nos anos 1970. “Estou convencido que encontrámos provas de vida em Marte nos anos 1970”, pode ler-se no título do artigo.

Levin revela que tudo começou quando duas sondas Viking foram enviadas para Marte, com uma das experiências – de nome Labeled Release (LR) – a ter o objetivo de encontrar vida. "A 30 de Julho de 1976, o LR enviou os resultados iniciais [da experiência] de Marte. Surpreendentemente, era positivos", conta Levin.

"À medida que a experiência progredia, recebemos quatro resultados positivos, apoiados por cinco diferentes controlos transmitidos pela sonda Viking II, que aterrou a uma distância de cerca de 6.000 km (da Viking I). As curvas dos dados sinalizaram a detecção de respiração microbiana no planeta vermelho. As curvas de Marte eram semelhantes às produzidas pelos testes que o LR fez ao solo na Terra", revela o investigador.

Ainda que a NASA tenha considerado que os resultados em questão sugeriam a existência de uma substância que imitava vida, e não propriamente vida enquanto matéria orgânica, Levin considera que a agência deve continuar a explorar esta hipótese.

“A NASA já anunciou que o ‘lander’ de Marte para 2020 não conterá testes para detecção de vida. Mantendo o já estabelecido protocolo científico, acredito que deve ser feito um esforço para integrar experiências de detecção de vida na próxima missão possível a Marte”, defende Levin.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

NASA Marte

Autoria:Expresso das Ilhas,17 out 2019 8:21

Editado porAndre Amaral  em  4 jul 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.