Cabo Verde integra “top 100” do ranking mundial do Índice Global da Inovação

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,3 set 2020 15:05

Cabo Verde integra pela primeira vez o ranking da Global Innovation Index GII 2020 (Índice Global de Inovação) conforme a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (WIPO- sigla em inglês), anunciou hoje o Governo.

O anúncio foi feito na página oficial do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que avançou que o arquipélago está no top 100 a nível mundial e ocupando a posição 7 a nível de África, numa classificação que é liderada pela Suíça, EUA, Reino Unido e Holanda.

O chefe do Executivo considerou a entrada de Cabo Verde nesta “importante lista” como “muito positiva” e uma demonstração da aposta do país nas políticas de inovação.

“A entrada de Cabo Verde nesta importante lista é muito positiva e uma demonstração da nossa aposta nas políticas de inovação. Através da Plataforma Cabo Verde Digital, temos em curso um conjunto de programas que visam criar um ecossistema favorável à inovação e ao empreendedorismo no país”, lê-se na publicação.

Ulisses Correia e Silva destacou ainda o contributo dos jovens cabo-verdianos, que, no seu entender, souberam aproveitar as oportunidades que se abriram com esta crise, com soluções “bastante inovadoras”.

O próprio relatório faz uma apreciação positiva dos efeitos colaterais da crise actual na estimulação do interesse por soluções inovadoras tanto na área da saúde como em áreas de serviços à distancia, soluções digitais e outras.

O Índice Global de Inovação é uma ferramenta para as decisões de investimento em um determinado país. O indicador é divulgado, desde 2007, pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI – WIPO, na sigla em inglês), em parceria com a Universidade de Cornell e a Insead.

O IGI é composto por 80 indicadores de 30 fontes internacionais públicas e privadas. De acordo com a CNI, desse total, 58 representam dados concretos, 18 são indicadores compostos e quatro são perguntas de pesquisa.

A pontuação em cada um dos indicadores é analisada e comparada entre os países, estabelecendo a posição no ranking para cada indicador, subpilar e pilar.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,3 set 2020 15:05

Editado porSara Almeida  em  3 set 2020 15:05

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.