Enorme objecto estelar aproxima-se do nosso Sistema Solar. É quase um “planeta anão”

PorExpresso das Ilhas,5 jul 2021 7:28

Nos arquivos Dark Energy Survey (DES), uma equipa de astrónomos descobriu um enorme (e até então desconhecido) objecto a penetrar o nosso Sistema Solar.

Depois de viajar há mais de 612 mil anos, o2014 UN271, um fragmento gigante da Nuvem de Oort, está a aproximar-se do Sol e vai chegar à órbita de Saturno em 2031. A descoberta foi feita por astrónomos que analisaram os arquivosDark Energy Survey(DES). Segundo oEuropa Press, 2014 UN271 foi descoberto em Junho pelos astrónomos Pedro Bernardinelli e Gary Bernstein. Quando as imagens do arquivo foram obtidas pela primeira vez, em Outubro de 2014, o objecto estava a 29 UA (4,3 mil milhões de quilómetros) do Sol.

O portal adianta que é, possivelmente,o maior corpodo exterior do nosso Sistema Solar alguma vez encontrado a aproximar-se do Sol: estima-se que tenha entre 100 e 370 quilómetros de largura.

“Coloca-o numa escala semelhante, se não maior, que a do cometa massivo Sarabat C/1729 P1, disse o astrónomo Sam Deen, num comentário no fórum Minor Planet Mailing List (MPML). “É quase certamente o maior objecto da Nuvem de Oort alguma vez descoberto, quase no território de um planeta anão.”

 Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1022 de 30 de Junho de 2021.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,5 jul 2021 7:28

Editado porAndre Amaral  em  15 out 2021 23:21

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.