Denunciante do Facebook lança ONG para sanear redes sociais

PorExpresso das Ilhas, Lusa,23 set 2022 8:51

A engenheira Frances Haugen, ex-empregada do Facebook, que revelou em 2021 documentos internos comprometedores para o conglomerado das redes sociais, anunciou hoje o lançamento de uma organização destinada a sanear este ecossistema.

Designada Beyond the Screen (Além do Écran), esta organização não governamental (ONG) "vai focar-se em soluções concretas para ajudar os utilizadores a recuperarem o controlo da sua experiência nas redes sociais", declarou Frances Haugen, em comunicado.

O seu objectivo é dar aos utilizadores "soluções tangíveis" para os ajudar a assumir o controlo do seu uso das plataformas. "As redes sociais podem permitir-nos dar o melhor de nós próprios e é para isto que Beyond the Screen vai trabalhar", acrescentou.

Segundo o texto, a ONG vai criar uma base de dados, com acesso aberto, para documentar as falhas legais e éticas das grandes plataformas e identificar soluções.

Frances Haugen ganhou notoriedade ao revelar mais de 20 mil páginas de documentos internos da Facebook e defender, em vários parlamentos, que esta rede social privilegiava os lucros à segurança dos seus utilizadores.

A Meta, que controla a Facebook e a Instagram, negou as acusações.

A Beyond the Screen é financiada pela Project Liberty, uma iniciativa do empresário norte-americano e proprietário do Olympique de Marseille Frank McCourt e pela organização independente Common Sense Media.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,23 set 2022 8:51

Editado porAndre Amaral  em  26 set 2022 17:20

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.