Dress a Girl faz vestidos para meninas em Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas,27 mai 2019 11:16

Vestidos Dress a Girl são feitos de tecidos coloridos
Vestidos Dress a Girl são feitos de tecidos coloridos

Cerca de 500 voluntárias do projecto “Dress a Girl Around the World - Portugal” estiveram reunidas no Sábado num encontro nacional para confeccionar vestidos para meninas de famílias economicamente vulneráveis em Cabo Verde.

No encontro realizado na Murtosa, o maior evento de costura solidária já organizado em Portugal, a Dress a Girl Around the World Portugal terá conseguido costurar mais de mil vestidos, 

“A confecção é feita com materiais doados. Cada kit tem tecido já cortado para um vestido, tecido para o bolso e forro, fita ou manga e a etiqueta. Assim, quando as voluntárias chegam é “só” costurar o vestido”, disse a mentora do Dress a Girl Portugal, Vanessa Campos, noutra ocasião, em entrevista ao site Família Cristã.

Através de uma parceria em Cabo Verde os vestidos deverão ser distribuídos a meninas de comunidades carenciadas, conforme é a missão da organização de matriz.

O projecto português já entregou, na ilha de Santiago e na ilha do Sal, mais de 2500 vestidos e calções.

image

Meninas jamaicanas com os vestidos Dress a Girl

Dress a Girl Around the World é uma ONG americana fundada em 2009 cujo objectivo é fazer vestidos para doar a meninas em “países carentes”, levando-lhes “um pouco mais de dignidade, protecção e esperança”, autodefine-se a organização.

Com mais de 500.000 vestidos já distribuídos para 81 países, a ONG também faz calções para rapazes. Nos bolsos dos vestidos e calções, ocasionalmente junta-se uma peça de roupa interior.

“Os vestidos Dress a Girl Around the World devem ser simples, bonitos e acima de tudo bem confeccionados”, diz a página da organização internacional.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,27 mai 2019 11:16

Editado pormaria Fortes  em  27 mai 2019 12:41

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.