“Sê kel k bo ê”, campanha de prevenção ao suicídio

PorSheilla Ribeiro,15 set 2020 20:02

Os artistas Djan Neguin e Batchart lançaram no passado dia 10 de Setembro a campanha de prevenção ao suicídio “Sê kel k bo ê”. Durante 21 dias serão realizados lives e podcasts que abordam temas como auto-aceitação e amor próprio para inspirar as pessoas a terem uma postura positiva na vida.

Em declarações ao Expresso das Ilhas, um dos mentores da campanha, Djan Neguin, informa que “Sê kel k bo ê” surgiu a partir de uma música que retrata o “cuidar de ti” e incentiva as pessoas a acreditarem em si mesmas independentemente dos padrões impostos pela sociedade como sendo aceitáveis.

“Acabamos por enquadrar esta música num contexto ligado à questão da pandemia, as pessoas agora estão muito desanimadas e a conjuntura psicológica e social não é das melhores. Aproveitando que em Setembro se comemora no mundo inteiro o mês da prevenção ao suicídio achamos que era um momento propício e ideal para casar as duas coisas”, declara.

Djan Neguin revela que após ter passado por uma depressão profunda, apercebeu-se que queria ajudar outras pessoas na mesma situação.

“Há um lado afectivo, um lado emocional bastante envolvente nesta campanha que é o desejo de realmente contribuir para que outras pessoas encontrem a sua fortaleza, porque sabemos que nem toda gente tem apoio, nem todos conseguem resistir”, reflecte.

Neste sentido, mais de que uma campanha de sensibilização, “Sê kel k bo ê” pretende ser uma campanha de acção e de reflexão, e de ajudar aqueles que estão a passar por um momento difícil.

Uma grande parte da campanha ocorre na página oficial do projecto, tendo em conta a conjuntura actual.

“Temos uma parte da campanha que será no terreno. Vamos visitar algumas zonas juntamente com algumas associações locais com um grupo selecto de pessoas, pela questão da pandemia. Vamos abordar temáticas ligadas a tudo que possa ser possível como os problemas da depressão, à questão do cuidar de ti, do cuidar do outro, como ajudar quem está a passar por um momento mais difícil”, descreve.

Segundo este entrevistado, a intenção da campanha é dotar a sociedade de ferramentas, através da informação, de como podem chegar nos serviços de saúde, que linhas gratuitas existem, que espaços é que podem ir quando estão com problemas.

Entretanto, sublinha Djan, o mais importante é ajudar as pessoas a assumir que estão com depressão e a reconhecerem que precisam de ajuda.

As actividades no terreno serão realizadas a partir deste final de semana. Tira Chapéu, Eugénio Lima e Safende serão os primeiros bairros a receber a campanha. No online, todos os dias são realizados lives, podcasts, entre outros conteúdos.

O projecto conta com parceiros como os profissionais de saúde da área, Cruz Vermelha de Cabo Verde, Presidência da República, através da “Campanha menos álcool, mais vida”, Instituto Nacional de Saúde Pública, Ministério da Família e Inclusão Social e Clínica Equilíbrio.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,15 set 2020 20:02

Editado porSara Almeida  em  15 set 2020 20:02

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.