“Kuale miniz”- do Youtube para o mundo real

PorSheilla Ribeiro,12 out 2020 15:32

Depois de três anos dando dicas de como cuidar dos cabelos crespos e cacheados naturais, a youtuber cabo-verdiana Mitza Alfama abriu o espaço “Kuale miniz”, onde oferece serviços como cortes, finalizações, hidratação, nutrição e reconstrução.

Tem 25 anos e estudou Marketing na Universidade da Beira interior. A dificuldade em lidar com o cabelo natural e os comentários à volta do mesmo fizeram com que Mitza Alfama optasse por produtos químicos para ter um cabelo que os padrões da sociedade, na época, apontavam como sendo o ideal.

“Sempre via nas televisões que um cabelo bonito tinha de ser um cabelo longo e liso. Sempre quis ter cabelo dos sonhos e a minha mãe todos os fins-de-semana ia ao salão para ter esse cabelo. Fui aplicar químicos, que fizeram com que o meu cabelo alisasse e eu consegui aquele liso perfeito por alguns dias. Mas, ao lavar o cabelo eu vi-me ao espelho e não me identifiquei”, conta.

A partir daí a youtuber entrou no processo de transição capilar, um processo em que a pessoa para de usar químicos que alteram a estrutura do fio, para assumir os cabelos naturais.

Aos poucos, narra, a raiz foi crescendo natural e Mitza cortava aos poucos as partes alisadas, ao mesmo tempo que aprendeu a cuidar dos fios, através de vídeos de youtubers brasileiros. O resultado chamou a atenção de outras pessoas que queriam saber como cuidar e que produtos usar.

“Um dia, estando eu na universidade, fiz um vídeo enviei para uma amiga que enviou para uma outra amiga que estava a precisar e assim o vídeo espalhou-se. Foi então que decidi gravar para o Youtube. O vídeo que mandei para a amiga acabou por ser o primeiro vídeo do canal, e foi publicado no dia 5 de Fevereiro de 2017. Desde então dou dicas para cabelos crespos e cacheados naturais, faço resenha de produtos, faço tutoriais de como finalizar o cabelo”, descreve.

Segundo Mitza Alfama, o facto de fazer vídeos em crioulo fez com que o canal fosse mais conhecido.

“Eu fui a primeira cabo-verdiana a ensinar tutoriais no Youtube em crioulo. Isso foi um diferencial, fez com que várias pessoas me seguissem por causa disso, não tenho milhares de seguidores mas tenho seguidores que são próximos de mim, sinto que são meus amigos. Apesar de não ter muitas visualizações e nem muitos gostos, tenho muitas interacções”, analisa.

Oportunidades

Através do canal no Youtube, novas oportunidades surgiram para a jovem cabo-verdiana, ainda em Portugal. Mitza Alfama começou a participar em workshops e eventos organizados por cabo-verdianos e não só, a volta dos cuidados para o cabelo crespo e cacheado.

“A paixão por cabelos naturais abriu-me outras portas, como trabalhar num salão de cabeleireiro africano, dos mais prestigiados em Portugal, especialista em tranças. Eu fazia tratamentos, coloração, finalizações entre outros cuidados”, revela.

Ao mesmo tempo que gravava para o Youtube, Mitza Alfama estagiava na RTP África,em Lisboa, como criadora de conteúdos para o programa 'Bem-vindos',  para terminar o mestrado.

“Como trabalhávamos com convidados e não dava para ter um contacto directo com as pessoas, fui mandada embora. Isso fez com que eu transformasse o meu hobby em algo rentável. Os amigos começaram a sugerir para lançar uma marca, primeiramente fazendo t-shirts com o bordão do canal que é o Kuale miniz", explica.

Depois, decidiu aumentar o conhecimento capilar, com um curso de especialização em cabelos crespos e cacheados.

“Com esta formação, mais o meu lado marketeer, fui mostrando os meus trabalhos nas redes sociais e cada vez mais as pessoas mostravam o seu interesse, principalmente as pessoas de Cabo Verde. Cada vez mais fui alimentando esta ideia e com ajuda da minha mãe e do meu irmão, resolvi abrir o espaço Kuale miniz”, refere

Assim, no dia 28 de Agosto abriu o espaço Kuale Miniz cujo slogan é "Pa saúde bu cabelo". Um espaço que oferece vários serviços, desde cortes, finalizações, tratamentos como hidratação, nutrição, reconstrução, próprios para cabelos crespos e cacheados naturais e para cabelos quimicamente tratados em transição.

Além disso o espaço oferece produtos capilares de uma marca brasileira, da qual Mitza é embaixadora.

Até agora, diz, os serviços mais procurados são hidratação e finalização. Um outro serviço que tem tido muita procura é a análise capilar. Análise, explana, serve para ver se há quebra capilar, a estrutura e a saúde do fio, além de verificar se há disfunções do fio de modo a propor tratamentos para este efeito.

“O mais motivador, neste momento, é que isto deu certo. Não é que eu não acredite no projecto, eu acredito e foi por isso que levei adiante, mas não esperava que a aceitação fosse tão rápida”, enfatiza.

Mitza Alfama frisa que é preciso amar o cabelo crespo e cacheado de todas as formas e aproveitar a sua versatilidade.

“O facto de eu ser adepta de cabelos naturais não significa que eu seja contra a química, porque eu sou a favor da pessoa estar feliz com o cabelo que tem”, sublinha.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,12 out 2020 15:32

Editado porSara Almeida  em  12 out 2020 15:32

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.