PSA quer cumprir o Acordo de Paris

PorExpresso das Ilhas,27 nov 2019 15:51

O Grupo PSA, dono da Citroen, DS, Peugeot, Opel e Vauxhall, está decidido a cumprir os objectivos do acordo de Paris no que respeita às emissões de gases poluentes e contribuir, assim, para evitar que o aumento global das temperaturas.

Suportando o seu compromisso para com a luta contra as alterações climáticas, o Grupo PSA inicia a via da neutralidade carbónica com a obtenção de uma aprovação dos seus objectivos de redução de emissões de gases com efeito de estufa, atribuída pelo Comité de Avaliação da plataforma Science Based Targets initiative (SBTi).

Os objectivos validados foram considerados consistentes com o “acordo climático de Paris” para a limitação do aquecimento global a 2º cima dos níveis pré-industriais, segundo os dados da ciência climática.

Assim, a partir de agora e até 2034, o Grupo PSA compromete-se a reduzir as emissões absolutas de gases com efeito de estufa relacionadas com o consumo de energia das atividades industriais (“âmbito 1 e 2”) em 20%, em comparação com o ano de referência de 2018 e as emissões de gases com efeito de estufa relacionadas com a utilização de produtos vendidos, tendo em conta todo o ciclo “do poço à roda” (“âmbito 3”) em 37%, por veículo e a partir do ano de referência de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,27 nov 2019 15:51

Editado porSara Almeida  em  16 dez 2019 6:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.