Niken a Yamaha de três rodas

PorExpresso das Ilhas,14 mai 2020 10:58

Para os puristas esta mota pode ser um sacrilégio. Há até quem faça alusões ao cinema e lhe chame de Transformer. Mas Niken tem tudo para chamar atenções e deixá-lo com um sorriso no rosto.

Uma das coisas que torna a Niken num “animal” raro no panorama das motos é a forma como o conceito de inclinação em multi-rodas funciona, sendo utilizado pela primeira vez numa moto de produção. Na verdade, toda a gente que já conduziu um carro experimentou o mesmo sistema que está presente na Niken. Trata-se de um paralelogramo que utiliza o princípio de Ackermann, em que a roda interior vira progressivamente mais do que a exterior para resolver a necessidade das duas rodas precisarem de descrever arcos diferentes numa curva.

Estamos perante uma moto com prestações elevadas, já conhecíamos o anterior modelo de três rodas com 847cc e 115cv que sempre nos surpreendeu em todos modelos em que está instalado. 

Na Niken não é diferente, ainda que esteja um pouco mais “domesticado” para uma melhor resposta em baixa rotação, continua a deixar-nos com um sorriso na cara quando passamos as 8000 rotações por minuto.

Mas considerações técnicas à parte, porquê duas rodas na frente? Porque sim. 

A inovação sempre esteve presente no ADN da Yamaha resultando em produtos que chegam frequentemente ao público – mesmo que não sejam um sucesso comercial, como a GTS 1000 sem forquilha na frente. Mas também porque a marca quer que quem ande de moto se divirta com segurança, afinal poucos têm a sorte de terem a habilidade do Valentino Rossi. 

Circular na estrada numa Niken significa que vamos ser alvo de muitos olhares curiosos, mais ainda se estivermos numa caravana de cinco estranhos veículos que mais parecem robôs vindos do espaço. Os automobilistas aprovam com o polegar, os transeuntes acenam, só os outros motociclistas, lá está... os puristas, mostram alguma indiferença.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,14 mai 2020 10:58

Editado porSara Almeida  em  14 mai 2020 11:00

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.