Novo Range Rover apresentado ao mundo

PorExpresso das Ilhas,28 out 2021 8:53

Foram cinco anos de desenvolvimento que culminaram no dia da apresentação que decorreu esta terça-feira.

O novo Range Rover foi apresentado ao mundo e traz consigo várias novidades. Comecemos pela plataforma MLA-Flex, que é a base deste SUV Premium. Esta nova plataforma confere ao Range Rover mais 50% de rigidez torsional e faz com que produza menos 24% de ruído que a plataforma anterior. É composta em 80% por alumínio e pode receber motores de combustão, tal como elétricos.

No que diz respeito às motorizações, o novo Range Rover terá oito motores diferentes. Terá motores eletrificados, todos de seis cilindros em linha e um V8 biturbo de 4.4 litros para a versão topo de gama. Haverá três a gasolina, outros tantos a diesel e dois híbridos plug-in.

Estes dois últimos terão um motor de seis cilindros em linha de 3.0 litros acoplado a um motor elétrico de 105 kW (143cv) integrado numa caixa automática de oito velocidades. A bateria de íon-lítio, com capacidade líquida de 31,8 kWh, oferece 100 quilómetros de autonomia máxima.

A versão menos potente é a D250 (motor a debitar 249 cv), enquanto a versão mais potente do Range Rover é a P530 (530 cv).

Falemos agora das duas diferentes carroçarias. Tal como seu antecessor, terá duas à disposição: a "normal" e a "longa". Esta segunda apresenta a maior novidade que é o facto de oferecer sete lugares.

O novo Range Rover, como o antecessor, estará disponível com duas carroçarias: “normal” e “longa” (com uma maior distância entre eixos). A grande novidade neste campo é o facto de a versão longa passar a oferecer sete lugares, uma estreia no modelo britânico.

Com um design diferente, mais 'limpo', a maior diferença em relação à anterior geração é mesmo a traseira onde existe um novo painel horizontal que integra a identificação do modelo, tal como várias luzes. As quatro portas laterais são elétricas, podendo abrir até um ângulo de 10º e com uma função de detecção avançada de perigos.

Um estilo mais vanguardista, que também foi transportado para o seu interior, onde tudo é agora digital. O painel de instrumentos possui uma ecrã curvo de 13,1 polegadas, acrescentando ainda um ecrã de 13,7 polegadas para o sistema de infoentretenimento designado de "Pivi Pro", onde tudo é 'touch', que conta com atualizações remotas.

Como se não bastasse de ecrãs, o novo Range Rover oferecerá ainda mais três, aos ocupantes traseiros. Dois de 11,4 polegadas nos encostos de cabeça dos bancos da frente e um de 8 polegadas 'escondido' no encosto de braços.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,28 out 2021 8:53

Editado porAndre Amaral  em  28 out 2021 8:53

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.