BMW estuda aposta no hidrogénio

PorExpresso das Ilhas,8 dez 2022 8:26

Marca alemã vai usar o modelo iX5 para testar a motorização movida a hidrogénio.

Em Munique, na fábrica piloto do Centro de Pesquisa e Inovação da BMW, a marca bávara iniciou a produção de uma pequena quantidade de iX5, veículos movidos a hidrogénio. A produção será de poucas unidades, uma vez que este automóvel será construído para demonstrar a tecnologia de mobilidade livre de emissões de carbono em algumas regiões, a partir do próximo ano.

"O hidrogénio é uma fonte de energia versátil que tem um papel fundamental a desempenhar à medida que avançamos em direcção à neutralidade climática. Temos a certeza de que o hidrogénio está prestes a ganhar importância significativa para a mobilidade individual e, portanto, consideramos uma mistura de sistemas de accionamento eléctrico por bateria e célula de combustível como uma abordagem sensata a longo prazo. As células de combustível também não requerem nenhuma matéria-prima crítica, como cobalto, lítio ou níquel, portanto, ao investir nesse tipo de sistema de accionamento, também estamos a fortalecer a resiliência geopolítica do Grupo BMW. A nossa frota de iX5 vai permitir-nos obter novas e importantes conclusões, o que fará com que apresentemos aos clientes uma gama de produtos atraentes assim que a economia do hidrogénio se tornar uma realidade generalizada", afirmou Frank Weber, membro do conselho de administração da BMW, responsável pelo desenvolvimento.

Relativamente aos modelos iX5, a fábrica de Munique recebe vários veículos de base enviados do centro global de produção do X5, que tem base em Spartanburg, nos EUA. Na Baviera, os iX5 recebem uma nova parte de baixo que permite a este carro colocar dois tanques de hidrogénio no túnel central e sob os bancos traseiros.

Os sistemas eléctricos de 12V e de 400V específicos do modelo, a bateria de alto desempenho, o motor eléctrico e as células de combustível são todos eles integrados durante a fase de montagem, ao lado de peças de produção padrão. Posicionado no eixo traseiro, junto à bateria de alto desempenho, o motor eléctrico faz parte da quinta geração de motores eDrive da BMW.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,8 dez 2022 8:26

Editado porAndre Amaral  em  8 dez 2022 8:26

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.