Moçambique perdeu 645 milhões de euros para a corrupção nos últimos 10 anos

PorExpresso das Ilhas, Lusa,25 fev 2019 8:54

Maputo
Maputo

O Estado moçambicano perdeu 46 mil milhões de meticais (645 milhões de euros) devido à corrupção nos últimos 10 anos, indicam dados do Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC), divulgados hoje em Maputo.

O relatório do GCCC aponta que 2017 registou o maior rombo, com 610 milhões de meticais (8,5 milhões de euros) desviados dos cofres do Estado, seguindo-se 2016, com um buraco nas contas de 459 milhões de meticais (6,4 milhões de euros).

Do total desviado de 2008 a 2018, o Estado moçambicano recuperou apenas 96 milhões de meticais (1,6 milhões de euros). 

Ao longo dos 10 anos, foram detidas 1.300 pessoas e instruídos oito mil processos-crime por corrupção. 

A corrupção está neste momento no centro do debate público em Moçambique, devido a uma onda de detenções relacionadas com o escândalo das dívidas ocultas, um esquema que permitiu a contratação de uma dívida pública de mais de dois mil milhões de euros à margem das contas públicas pelo anterior Governo moçambicano. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,25 fev 2019 8:54

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 nov 2019 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.