Mais de mil migrantes pernoitam em acampamento na Gran Canária

PorExpresso das Ilhas, Lusa,21 out 2020 7:31

Mais de um milhar de imigrantes africanos que chegaram nos últimos dias à ilha Gran Canária (Espanha) vão pernoitar hoje num acampamento de emergência no cais Arguineguín, informou a Cruz Vermelha.

Nas tendas de campanha instaladas no porto do sul da ilha estavam alojadas, no final do dia de terça-feira, 1.052 pessoas que aguardavam que a polícia as identificasse, que os profissionais de saúde lhes fizessem os testes ao novo coronavírus e que as administrações lhes atribuíssem um local de acolhimento de uma rede completamente sobrelotada.

Trata-se do número mais elevado alguma vez registado no cais de Arguineguín, mas que ainda pode crescer nas próximas horas, uma vez que a embarcação Guardanar Polimnia regressa neste momento ao porto com os ocupantes de outros botes que acaba de resgatar.

Há um mês, o Ministério da Inclusão e das Migrações decidiu recorrer a complexos turísticos vazios devido à crise no setor turístico para alojar temporariamente os imigrantes que chegavam à Gran Canária, ao considerar insustentáveis os números que se verificavam nesse momento no cais de Arguineguín.

Nessa altura, chegaram a dormir no porto cerca de 400 pessoas, que foram rapidamente recolocadas numa rede de acolhimento que chegou a 3.000 lugares graças ao recurso aos complexos turísticos.

No entanto, o fluxo de embarcações a caminho da Gran Canária não parou nos últimos dias, antes pelo contrário, registando-se cerca de 300 chegadas diárias que sobrelotaram a capacidade existente.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,21 out 2020 7:31

Editado porAndre Amaral  em  26 jul 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.