Parlamento espanhol aprova eutanásia

PorExpresso das Ilhas,17 dez 2020 14:37

​Espanha tornou-se, hoje, o sexto país do mundo a aprovar legislação que permite a legalização da eutanásia.

Segundo o El País a legislação foi aprovada no parlamento e permite que “pessoas doentes com gravidade ou com doenças incuráveis” possam pôr fim à sua vida. A medida foi aprovada com 198 votos a favor e 138 contra e duas abstenções.

A legislação vai agora ser levada ao Senado onde, escreve o Público, poderá ser aprovado ou poderá ainda sofrer alterações. Se essas alterações não se verificarem o documento poderá ser aprovado na Primavera de 2021, escreve a Reuters.

O projecto de lei foi proposto pelo PSOE e teve os votos a favor do Cidadãos, Juntos pela Catalunha e CUP.

Segundo o jornal espanhol El País, Espanha é o sexto país do mundo a legalizar o direito à eutanásia, depois dos Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, Canadá e Nova Zelândia.

Qual a diferença entre eutanásia e suicídio assistido?

A morte assistida é o acto que leva à morte de um doente por sua vontade, através do acto de um profissional de saúde (eutanásia) ou através de suicídio assistido.

Embora com soluções legais diferentes, em vários países onde é praticada a morte assistida, o sofrimento intolerável do doente e o grau de consciência para tomar essa decisão são condições essenciais para a prática.

O suicídio assistido é diferente da eutanásia, dado que é o próprio doente, tomando os fármacos letais, a por fim à sua vida, com a colaboração de um terceiro, geralmente um profissional de saúde, que o ajuda a terminar a vida.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,17 dez 2020 14:37

Editado porAndre Amaral  em  4 ago 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.