Papa encontra-se com principal líder xiita do Iraque

PorExpresso das Ilhas, Lusa,6 mar 2021 12:01

O Papa Francisco encontrou-se este sábado, com o principal líder religioso xiita, o aiatola Ali al-Sistani, em Najaf, no Iraque, um gesto considerado histórico nas relações entre o Vaticano e o Islão, sem a presença de câmaras.

Francisco foi visto entrando na modesta casa de Al Sistani, em um dos bairros humildes de Najaf, cercado por forças de segurança.

Foi o primeiro acto do dia do Papa, que na sexta-feira, 5, chegou ao Iraque para uma visita de três dias, tornando-se o primeiro papa a visitar este país.

Como alguns especialistas apontaram há alguns dias, Francisco teve que respeitar o protocolo e tirar os sapatos antes de entrar no quarto de al-Sistani.

A dúvida, já que não havia imagens, é se al-Sistani, que normalmente fica sentado ao receber os visitantes, se levantou para receber Francisco, gesto que nunca teria tido.

O Papa Francisco viajou para esta cidade sagrada, cerca de 100 milhas ao sul de Bagdade, o principal centro religioso deste ramo do Islão e um destino de peregrinação para xiitas de todo o mundo. 

A cidade abriga o túmulo de uma das figuras mais reverenciadas do Islão, Ali, primo e genro de Maomé e o primeiro homem a converter-se ao Islão.

A agenda papal inclui encontros com a comunidade católica, composta por 590 mil pessoas, cerca de 1,5% da população iraquiana, além de cristãos de outras Igrejas e confissões religiosas e líderes políticos.

O Papa vai passar por Bagdade, Najaf, Ur, Erbil, capital do Curdistão iraquiano, Mossul e Qaraqosh.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,6 mar 2021 12:01

Editado porDulcina Mendes  em  4 dez 2021 23:21

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.