A voz dos atletas

PorLeonardo Cunha,22 nov 2019 8:36

O movimento olímpico representa uma matriz de valores sobre a forma de filosofia de vida que coloca o desporto ao serviço do desenvolvimento humano e que tem como base os princípios de trabalho que promovem a universalidade, unidade na diversidade, autonomia, boa governação e sustentabilidade.

É a principal missão do Comité Olímpico Internacional (COI) colocar os atletas no “coração” do movimento olímpico, celebrando regularmente os Jogos Olímpicos e promovendo o desporto e os valores olímpicos na sociedade com principal foco na juventude. Os valores de excelência, respeito e amizade constituem uma visão global de construir um mundo melhor através do desporto.

Considerando os princípios enunciados, o COI, criou uma nova plataforma de apoio ao atleta chamada “ATHLETE365”. Esta plataforma pretende criar uma comunidade de atletas que visa empoderar os seus membros durante a sua jornada como atletas e ainda mais além.

Dentro desta plataforma podemos encontrar muitas informações e oportunidades úteis como é o exemplo da “Athlete365 Career+”. Este programa pretende capacitar os atletas, maximizando as suas oportunidades de educação e emprego e ajudando-os a caminhar com confiança para uma carreira dupla ou pós-desportiva.

Outro dos programas é o “Learning Gateway” (portal de aprendizagem) que foi projetado para inspirar, motivar e educar o atleta para o sucesso - dentro e fora do campo de jogo. É totalmente gratuito e disponível a qualquer momento. Oferece cursos sobre assuntos importantes, como nutrição, psicologia e prevenção de lesões e é uma ótima maneira de melhorar o desempenho gratuitamente. O atleta pode também assistir a informações de campeões olímpicos e ler artigos sobre uma ampla variedade de assuntos relacionados ao desporto.

O COI tem insistido numa vontade de dar voz aos atletas dentro das organizações que tutelam o desporto. São exemplo disso, a Declaração dos Atletas, o Fórum Mundial de Atletas Olímpicos (no qual Cabo Verde teve a oportunidade de participar) ou mesmo as intervenções mundiais que Thomas Bach (presidente do COI) tem proferido, mostrando a importância dos atletas terem o seu porta-voz devidamente reconhecido e terem também a oportunidade deste ser ouvido. A última dessas intervenções foi na reunião mundial da WADA (organização mundial de combate ao doping) em que reforçou a importância de dar voz aos atletas para um combate eficaz a este fenómeno.

Todas estas manifestações de desenvolvimento no desporto devem ser acompanhadas pelos pilares deste setor cabo-verdiano. É altamente recomendável a promoção de um importante espírito de associativismo à volta dos atletas. É sugerido que o próprio Comité Olímpico Nacional considere a presença dos representantes dos atletas na comissão executiva, dando voz às suas preocupações. É também recomendável a participação de um porta-voz dos atletas como conselheiro no Conselho Nacional do Desporto.

Ao dar a voz ao elemento nuclear do desporto, poderemos efetivamente criar condições para que os seus anseios e inquietações sejam ouvidos e posteriormente atendidos. O nosso desejo é que sejam feitas mudanças em termos de representatividade nesta área em breve para que este setor continue a ter uma evolução sustentável.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Leonardo Cunha,22 nov 2019 8:36

Editado porSara Almeida  em  22 nov 2019 8:36

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.