O Estado «moderno» africano sob a lupa de Odair Barros-Varela

PorExpresso das Ilhas,20 fev 2018 8:35

Crítica da Razão Estatal
Crítica da Razão Estatal

"Crítica da Razão Estatal”, do cientista político Odair Barros-Varela, é lançado esta terça-feira, no auditório da UniCv, pelas 18h.

Editada pela Livraria Pedro Cardoso, tendo como subtítulo “O Estado Moderno em África nas Relações Internacionais e Ciência Política. O Caso de Cabo Verde”, a obra analisa a emergência do Estado moderno em África e em Cabo Verde, em particular, e problemática da estatalidade no continente. Trata-se de uma análise essencialmente crítica, com o próprio título indica, que escrutina a “visão hegemónica acerca do papel do que se pactuou chamar de “modernidade” na configuração estatal”.

Nessa senda, o livro lança um olhar sobre as heranças das várias fases históricas pelas quais o continente passou e que se misturaram para forjar as principais características da sua estatalidade. Cabo Verde surge como caso realçado.

Relações Internacionais e a Ciência Política, secundadas pelos Estudos Pós-coloniais, e no qual, sobre o contexto africano se destaca o caso de Cabo Verde. Uma escolha que, segundo a nota de apresentação da obra, se prende a sua singularidade ao, por um lado, mostrar como inadequado o que a visão hegemónica entende por Estados “frágeis”, “falhados” ou “colapsados”. Por outro, pelo seu percurso pós-colonial em termos da solução estatal escolhido pela elite dirigente.

Odair Barros-Varela é investigador, professor e actual presidente da Escola de Negócio e Governação da UniCV. Em 2013 venceu o Prémio Fernão Mendes Pinto, atribuído pela Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), em parceria com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), pela sua tese de Doutoramento. De entre as diversas publicações nacionais e internacionais destacam-se os livros Mestiçagem Jurídica? O Estado e a Participação Local na Justiça em Cabo Verde. Uma Análise Pós- Colonial (2017) e As Relações Externas de Cabo Verde. (Re)leituras Contemporâneas (2014, co-organização e co-autoria).

"Crítica da Razão Estatal”, o seu terceiro livro, será apresentado por José Luís Jesus, Juiz do Tribunal Internacional do Direito do Mar e Carlos Carvalho, coordenador do curso de RID no ISCJS.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,20 fev 2018 8:35

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 fev 2018 8:35

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.