Homem detido por suspeita de envolvimento em fraude para obtenção de vistos Schengen

PorExpresso das Ilhas,2 abr 2018 15:42

1

​A Polícia Judiciária deteve, no passado sábado, 31 de Março, um homem natural de São Tomé e Príncipe, residente no bairro da Cidadela, Praia, suspeito de vários crimes de falsificação de documentos, burla agravada e uso de documentos falsos.

De acordo com comunicado da PJ, há fortes indícios de que, entre 2014 e 2016, mediante um esquema fraudulento de falsificação de documentos, como Certidões de Registos de Casamentos, o suspeito tentava, junto do Centro Comum de Vistos (CCV), introduzir processos de pedidos de obtenção de visto a terceiros, para entrada no espaço Schengen, a troco de valores que variam entre 200.000$00 a 500.000$00. 

As vítimas eram, na sua maioria, do interior de Santiago, mais precisamente de Santa Catarina, concelho no qual o suspeito chegou a residir e onde possuía uma loja de produtos de beleza, situada no shopping daquela cidade, local onde era contactado. 

Na sequência da busca e revista efectuadas, foram encontrados e apreendidos "relevantes elementos de prova".

De realçar que "o suspeito fazia dessa actividade criminosa o seu modo de vida, pelo que viajava frequentemente para Europa", acrescenta a PJ. 

O detido foi presente na manhã desta segunda-feira, 02, ao Tribunal da Comarca de Santa Catarina, para o primeiro interrogatório. O juiz determinou, como medias de coacção, termo de identidade e residência, apresentação periódica às autoridades e interdição de saída do país. 

Notícia actualizada dia 3/4/2018, com indicação das medidas de coação.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,2 abr 2018 15:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  5 fev 2019 10:57

1

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.