Pró-Praia espera aprovação da regionalização na especialidade

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,30 out 2018 7:29

​A Associação Pró-Praia mostra-se ansiosa pela aprovação, na especialidade, da Proposta de Lei que cria as Regiões Administrativas, reclamando, entretanto, o estatuto especial para a Cidade da Praia.

Em declarações à Inforpress, José Jorge de Pina disse que a associação que representa está “ansiosa” pela aprovação final e implementação da Lei que cria as Regiões Administrativas, mas avisou que só apoiará a medida no futuro quando, nesse processo, a Cidade Praia beneficiar do seu estatuto especial.

“Estamos crentes que essa aprovação, na generalidade, será seguida da aprovação na especialidade, salvaguardando alguns princípios, designadamente a constituição das regiões de Santiago Sul e de Santiago Norte, desencadeando assim a criação da zona metropolitana da Praia que integra Ribeira Grande de Santiago, Praia e São Domingos”, frisou

José Jorge adiantou ainda que a Pró-Praia sempre esteve a favor da regionalização/descentralização, considerando que as pessoas de Santiago “sofrem na pele as mais temíveis consequências da centralização” dos diferentes sectores.

Com a regionalização, defendeu José Jorge de Pina, a Praia poderá, “finalmente”, erigir a sua escola do mar, o seu centro de convenções e o parque industrial, já que contará com um governo regional “militante e responsável”, que percebe que a cidade e ilha “têm tudo para se dar bem no mar, negócios, turismo e indústria”.

“Praia terá tudo a ganhar, pois, com e regionalização, já que temos condições para, trabalhando bem, sol a sol, como sempre fazemos, é possível optimizarmos os ganhos e o desenvolvimento que as nossas potencialidades ligadas ao mar/porto, agro-negócios, indústria e turismo, finanças e TIC podem proporcionar”, ajuntou
Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,30 out 2018 7:29

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  31 out 2018 7:13

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.