CCAD recorda que diminuição do consumo de álcool depende de "acções concertadas"

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,2 abr 2019 16:15

​A secretária executiva da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) defendeu hoje a necessidade de “acções concertadas e em complementaridade” para diminuir o consumo do álcool, sobretudo por parte dos jovens.

Fernanda Marques falava a propósito da socialização, na ilha de Boa Vista, da lei que estabelece o regime de disponibilização, venda e consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, abertos ao público e locais de trabalho dos serviços e organismos da Administração Pública central e local e das entidades privadas.

Segundo Fernanda Marques, para que haja uma diminuição do consumo do álcool, a polícia tem um “papel relevante” na fiscalização, mas todos têm um papel, principalmente os pais, que devem “fiscalizar num bom sentido” a vida dos filhos para saber para onde vão e com quem estão.

“É possível fazer denuncia anónima através do número da Polícia Nacional e da IGAE, quando há qualquer coisa que vai contra lei, para que se tomem as medidas necessárias".

“Mas não devemos esquecer a sensibilização de todas as partes porque não é apenas a polícia, a família, as escolas, as associações comunitárias ou a câmara. Têm que ser todos juntos, com acções concertadas e em complementaridade”, precisou.

Falando concretamente nas acções desenvolvidas na ilha da Boa Vista, a secretária executiva afirmou que arrancaram no Centro de Juventude, da Vila de Sal Rei, e hoje estarão concertadas na região norte,.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,2 abr 2019 16:15

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  3 abr 2019 11:10

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.