Câmara de Santa Cruz entrega dez habitações sociais

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,5 jan 2020 9:58

(Inforpress)
(Inforpress)

​A Câmara Municipal de Santa Cruz inaugurou este sábado as obras de requalificação urbana e ambiental do bairro de Ponta Achada e entregou dez casas, construídas de raiz e reabilitadas, em várias localidades do município do interior de Santiago.

O acto da inauguração das obras de Ponta Achada e entrega simbólica das moradias, no âmbito Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), contou com a presença dos beneficiários e munícipes, foi co-presidido pelo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, e o edil santa-cruzense, Carlos Silva.

As habitações sociais entregues a famílias carenciadas de Aguada Montenegro, Porto Madeira, Renque Purga e Ponta Achada contemplaram a cobertura das casas em telhado, pinturas e colocação de portas e janelas, casa de banho e ligação domiciliária de energia eléctrica.

As obras de requalificação urbana e ambiental de Ponta Achada, orçadas cerca de 8.000 contos, incluíram calcetamento de ruas, criação de passeios, ligação à rede de esgoto, reabilitação de casas, construção de casas de banho, reboco e pintura de fachadas.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Carlos Silva, lembrou que as casas foram construídas num esforço conjunto das famílias beneficiadas, edilidade e o Governo, e que de momento estão em obras 180 casas.

O executivo camarário prevê para este ano reabilitar ou construir mais de 400 casas de famílias de baixa renda.

Para o autarca santa-cruzense, mais do que ter uma casa, as famílias beneficiárias têm que passar por um “processo de empoderamento” para que possam sustentar a casa, pagando o consumo de energia e água, educação dos filhos e saúde.

Por sua vez, Olavo Correia pediu os beneficiários para fazerem bom uso dos investimentos e assegurou que o Governo, em parceria com a câmara, está a cumprir com a sua obrigação.

O governante reiterou que o executivo é contra o assistencialismo e manifestou a intenção em continuar a trabalhar em parceria com a edilidade santa-cruzense para que de possa mudar a vida das pessoas e estas possam ter uma casa e um emprego melhores.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,5 jan 2020 9:58

Editado pormaria Fortes  em  5 jan 2020 14:42

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.