AJOC pede aos jornalistas que reflictam mais sobre exercício da profissão

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,6 jan 2020 8:34

Carlos Santos -  Presidente da AJOC
Carlos Santos - Presidente da AJOC

O presidente da Associação dos Jornalistas de Cabo Verde (AJOC) apelou este domingo, 5, por ocasião das comemorações do Dia Nacional do Jornalista, a uma maior união da classe e pediu ainda aos jornalistas para aproveitarem este dia nacional para reflectirem sobre o exercício da profissão.

Carlos Santos falava em declarações à Inforpress por ocasião da celebração do dia 05 de Janeiro em que deixou uma mensagem de confiança e de determinação aos jornalistas, que, para o responsável sindical, têm um papel “importante” a desempenhar na sociedade.

“Não há uma democracia consolidada e com rigor sem um jornalismo forte e acutilante e de qualidade. Por isso, os jornalistas devem aproveitar este seu dia nacional para reflectirem sobre a nossa profissão, para recuperarem aquilo que são os pilares essenciais de um jornalismo isento, objectivo, rigoroso e um jornalismo assente na ética e na deontologia”, apelou.

Este jornalista da rádio pediu ainda à classe para reflectirem sobre as condições de trabalho que lhes são colocadas à disposição, de forma a desempenharem melhor a sua profissão ou a sua missão.

Face aos vários desafios da classe e os problemas que dificultam o exercício da profissão, Carlos Santos apelou à união dos jornalistas, uma vez que, no seu entender, a “união da classe” poderá servir como meio de “pressão para que essas questões sejam resolvidas”.

Neste dia Nacional do Jornalista, aproveitou ainda para apelar aos jornalistas a participarem mais na vida interna das suas empresas e nos conselhos de redacção.

“Os conselhos de redacção são fóruns de participação, são, no fundo, a voz dos jornalistas, onde podem analisar, debater os seus problemas e fazer chegar às direcções ou aos conselhos de administração a sua visão e aquilo que pensam sobre a gestão editorial dos órgãos”, sublinhou.

Convidado a fazer uma perspectiva das acções da AJOC para este ano, Carlos Santos disse que estão a trabalhar no plano de actividade, cujo foco vai ser a preparação dos jornalistas para a cobertura das eleições autárquicas, previstas para o segundo semestre deste ano.

“Este é um ano especial e um ano que eu diria atípico, porque nós vamos ter as eleições autárquicas e digamos que estamos no início de um novo ciclo eleitoral em Cabo Verde e quando é assim os jornalistas estarão focados na cobertura das eleições”, disse, ajuntado que neste sentido vão promover, em parceria com a Comissão Nacional das Eleições, algumas formações no que toca a cobertura das eleições.

Ainda no ano em que a AJOC assinala os seus 30 anos de existência, o presidente daquela associação sindical informou que estão a trabalhar um programa de actividades que não se resume apenas na comemoração do 03 de Maio, Dia da Liberdade de imprensa.

Carlos Santos anunciou ainda que vão, durante este ano, lançar uma plataforma digital e a abertura da AJOC à participação da sociedade.

“Um dos calcanhares da AJOC tem sido a questão do financiamento, por isso a AJOC não pode funcionar só com a cota paga pelos membros, pelos jornalistas. Vamos abrir essa participação à sociedade cabo-verdiana, porque entendemos que a liberdade de imprensa não deve ser apenas a responsabilidade do jornalista. A liberdade de imprensa é, sobretudo, um direito do cidadão”, concluiu.

Entretanto, para iniciar o ano, a AJOC realiza uma formação em língua Inglesa para mais de 70 jornalistas da ilha de Santiago e de Barlavento.

O dia 5 de Janeiro, data do nascimento de Luís Loff de Vasconcelos ( 1861), foi instituído pelo Governo, em 2015, como sendo o “Dia Nacional do Jornalista”.

Luís Loff de Vasconcelos foi fundador e dirigente de várias publicações periódicas, entre as quais a “Revista de Cabo Verde”, cuja missão visava rever todos os assuntos de interesse geral para o arquipélago.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,6 jan 2020 8:34

Editado porSara Almeida  em  27 mar 2020 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.