UniPiaget reinicia as actividades lectivas a partir do dia 20 em regime de ‘e-learning’

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,17 abr 2020 16:45

A Universidade Jean Piaget de Cabo Verde (UniPiaget) inicia a partir do dia 20 as aulas ‘online’ para todas as unidades curriculares, avançou hoje à Inforpress o reitor deste estabelecimento privado de ensino superior na cidade da Praia.

Seguindo as orientações do Ministério da Educação, a universidade suspendeu as aulas presenciais no dia 23 de Março, com vista a reiniciar no dia 17 de Abril, data em que o País cumpriria o último dia do estado de emergência decretada pelo Presidente da República no dia 29 de Março.

Contudo, no início da tarde de quinta-feira, 16, Jorge Carlos Fonseca decidiu prorrogar o estado de emergência nacional com diferenciação de ilhas.

Nas ilhas da Boa Vista, Santiago e São Vicente o estado de emergência vigorará das 00:00 do dia 18 de Abril até às 24:00 do dia 02 de Maio, ao passo que nas ilhas de Santo Antão, São Nicolau, Sal, Maio, Fogo e Brava a duração será de apenas 09 dias, com início às 00:00 do dia 18 de Abril até às 24:00 do dia 26 de Abril.

Face ao prolongamento do estado de emergência, a UniPiaget, segundo Wlodzimierz Szymaniak, irá reiniciar as actividades lectivas no dia 20 de Abril em regime de ‘e-learning’ nos cursos de graduação e de pós-graduação, com recurso às plataformas digitais ‘moodle’.

“A maioria das unidades curricular, quer nos cursos de graduação, quer nos cursos de pós-graduação vai ser disponível através do ‘e-learning’ através das plataformas educativas. Neste momento, estamos a preparar esta parte e as aulas vão iniciar no dia 20”, avançou à Inforpress.

Wlodzimierz Szymaniak reconheceu que será um “grande desafio” para esta instituição, uma vez que estavam habituados apenas a ministrar algumas disciplinas ‘online’ nos cursos de pós-graduação, mas agora vão passar para centenas de unidades curriculares ‘online’.

Questionado sobre os alunos que poderão não ter condições de assistir as aulas ‘online’, o reitor assegurou que são poucos os estudantes que não tenham acesso à internet e que os coordenadores dos cursos vão ficar atentos para registar qualquer queixa ou problema dos discentes.

“As operadoras de telecomunicações disponibilizaram megas gratuitas para todas as pessoas e eu penso que os estudantes estão bem e vão fazer algum esforço para poder aceder às aulas ‘online’. É uma situação que exige esforço de todas as partes”, disse, assegurando que a universidade vai fazer a sua parte e espera o mesmo esforço dos estudantes.

Contudo, adiantou, os professores já estão a preparar os conteúdos `online´ para disponibilizar a partir do dia 20 e caso os alunos registarem algum problema técnico podem entrar em contacto com a universidade através do e-mail e dos contactos telefónicos.

Wlodzimierz Szymaniak considerou que tudo isso é uma situação “passageira” e espera que dentro de algumas semanas tudo volte ao normal.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,17 abr 2020 16:45

Editado porSara Almeida  em  25 jan 2021 23:20

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.