Simetec insiste na redução da idade da reforma dos marítimos

PorLourdes Fortes, Lourdes Fortes,27 jan 2021 16:07

O Sindicato de Metalomecânica, Transportes, Comunicações e Turismo (Simetec) volta a insistir na redução da idade da reforma dos marítimos. O presidente do sindicato recorda que este é um processo que se arrasta desde 1994.

Em conferência de imprensa, realizada hoje, no Mindelo, Tomás Delgado de Aquino recordou que esta é uma reivindicação antiga da classe junto dos sucessivos governos. O sindicalista afirma que o actual executivo prometeu criar um grupo de trabalho para trabalhar a proposta, mas nada foi feito.

“Num encontro realizado no Mindelo, com o então Secretário de Estado da Economia Marítima, actual ministro da Economia Marítima, ficou o compromisso de se criar um grupo de trabalho, constituído por elementos indicados pelos Ministérios da Economia, da Justiça e do Trabalho e da Saúde e Segurança Social, com a finalidade de se trabalhar uma proposta concreta sobre a redução da idade de reforma dos marítimos, bem como outras questões que afectam esta classe. Acontece que até hoje a equipa não foi criada e, consequentemente, nada foi feito para ajudar estes profissionais”, afirma.

Tomás Delgado de Aquino fala em falta de vontade política.

“Vimos lutando junto dos governos para se reduzir a idade de reforma dos marítimos. Há pelo menos três deliberações do Conselho de Concertação Social, desde 1994, que deliberou a redução da idade de reforma da classe, de 65 para 60 anos. Até então, nada foi feito. Se o governo não der sinais nos próximos dias, vamos procurar outras formas de luta, isto já é insustentável”, explica.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Lourdes Fortes,27 jan 2021 16:07

Editado porAndre Amaral  em  28 jan 2021 13:45

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.