Trabalhadores da Afropants exigem regularização de salários

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,17 fev 2021 14:51

Protesto dos trabalhadores da Afropants
Protesto dos trabalhadores da Afropants (Rádio Morabeza)

Os trabalhadores da empresa Afropants, enviados para casa, alegadamente, em layoff, exigem a regularização dos salários referentes a Janeiro. Na maioria mulheres, estes afirmam que apenas terão recebido 25% do valor devido, pago pela entidade patronal.​ Da parte do INPS, receberam a informação de que a unidade industrial não foi contemplada com a nova fase do regime simplificado de suspensão do contrato de trabalho.

Cassilda Cardoso afirma que os trabalhadores desta empresa, ligada ao sector têxtil e de confecções, aguardam desde a semana passada por uma resposta da entidade empregadora.

“Descobrimos que o INPS negou o layoff à empresa e esta, por seu lado, afirma que nunca recebeu nenhum documento da previdência social a dizer que o pedido foi recusado. Agora, queremos receber o dinheiro que falta porque temos responsabilidades e a empresa não quer arcar com a situação”, explica.

O SIACSA, sindicato que representa a classe, indica que todos os trabalhadores da empresa apenas receberam 1/4 do salário devido. Heidi Ganeto afirma que os trabalhadores vão protestar até que a situação seja regularizada.

“O próximo passo é pedir uma intervenção da Inspecção Geral do Trabalho mas vamos continuar o protesto até que a situação seja regularizada”, assegura.

A situação afecta mais de duas centenas de funcionários, que em Janeiro receberam apenas 3.262 escudos, com a justificação de que o restante deveria ser pago pelo INPS, ao abrigo do layoff simplificado. Contudo, conforme referido, a Previdência Social esclareceu que a empresa não está abrangida pelo regime.

Contactada pela Rádio Morabeza, a gerente da unidade industrial prometeu uma reacção para mais tarde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,17 fev 2021 14:51

Editado porAndre Amaral  em  19 fev 2021 7:38

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.