Projecto Alma lança capacitação em matéria de abuso e violência sexual contra menores

PorSara Almeida,15 abr 2021 10:52

Ilustração do Guia contra o Abuso Sexual de Menores
Ilustração do Guia contra o Abuso Sexual de MenoresAlma

Prevenir, detectar e agir. São estas as três vertentes principais do projecto Alma e do curso que a partir de hoje está disponível numa plataforma online. Além dos vídeos, foi criado também um guia que de forma clara orienta pais, profissionais e, em suma, toda a sociedade.

“O que permanece escondido perdura no tempo”. É esta frase que dá o mote ao projecto Alma, que tem como uma das suas valências ajudar a superar os traumas, feridas da alma, das vítimas de abuso e violência sexual de menores.

Concebido e promovido por Carla Corsino e pelo procurador Ary Varela, o projecto nasceu após ambos terem participado em 2018, nos EUA, num programa de liderança (IVLP 2018).

Alia-se assim a área social, na qual Carla há muitos anos trabalha, com a Justiça, pela parte de Ary, e juntam-se no projecto ferramentas como a meditação, o mindfulness e outros de que ela sempre foi entusiasta.

Tudo começou, pois, nos EUA. “Consegui finalmente ver um link entre aquilo que eu gostava [meditação, etc] de fazer e a minha profissão”, conta Carla Corsino ao Expresso das Ilhas. Um link que percebeu poder fazer, numa visita em Nova Orleães, no âmbito desse programa.

Além disso, também em 2018, Carla elaborou, juntamente com Kika Freyre e Dionara Anjos, um estudo sobre o perfil dos agressores condenados por crimes sexuais contra menores em Cabo Verde. O estudo, o primeiro do género, deu-lhe uma maior compreensão sobre a problemática, que também influenciou a sua actuação na luta contra a mesma.

Todo este percurso, e o apoio da embaixada dos EUA, levou então ao surgimento da fundação Alma e lançamento este “projecto integrador”, que engloba, como referido, a prevenção, a detecção e, após esta, a acção.

A formação que hoje, dia 15, se disponibiliza é dirigida a profissionais de saúde, docentes e estudantes de áreas que vão da saúde, psicologia, e afins à educação. “Enfim, a todas as pessoas que no fundo intervém nos processos de detecção possíveis vítimas de abuso sexual”

Além de um Guia e da formação, o projecto pretende apostar na prevenção através da advocacy, envolvendo jovens.

A fundação alma tem financiamento da embaixada EUA para 2021, e este ano em que serão atendidos, segundo o projecto, no mínimo 12 menores vitimas abuso – no Sal .

Entretanto, pode aceder à formação, que está a cargo da Psicóloga Clínica e Jurídica Kika Freyre e do procurador da República Ary Varela através de https://web.facebook.com/fundacaoalma .

Guia

No âmbito do Projecto, a fundação Alma lançou também um “Guia para prevenir, detectar e agir contra o abuso sexual de menores” e adolescentes (e que é disponibilizado gratuitamente online).

Trata-se de um guia escrito de forma muito simples e dirigido a todos, em geral, e mais particularmente aos pais e encarregados de educação, docentes e profissionais de saúde.

Em suma, mostra, entre outras coisas, sinais de alerta, a aposta na prevenção, orienta quanto ao que fazer legalmente perante a suspeita e desconstrói mitos.

O trabalho com as emoções e superação de traumas das vítimas, “a cicatrização da ferida da Alma”, nas palavras de Carla Corsino, a partir de uma intervenção de acolhimento e crescimento pessoal, é elemento destacado.

“Dar ferramentas de crescimento pessoal, que é uma coisa que vai servir para o resto da vida, para as questões de ansiedade, mostrar como encontrar o ‘centro’.

Assim, e conforme refere o guia, o projecto Alma oferece uma intervenção integral a partir da utilização e aplicação de técnicas de bem-estar, disponibilizando ferramentas, que podem ser usadas individualmente como a Arteterapia, Terapia de Jogo, Meditação e atenção plena (mindfulness).

Uma boa parte do livro é baseado no guia da Fundação espanhola Margenes y Vínculos, a quem foi solicitada uma parceria, e adaptado à realidade cabo-verdiana e especificidades do projecto Alma.

Tem ainda uma parte que, “passo a passo”, mostra como recolher provas, denunciar, etc, em caso de suspeita.

Esta área foi, como conta Carla Corsino, essencialmente feita pelo co-autor, o procurador Ary Tavares, e é outra peça fundamental do guia, apontando elementos que fazem a diferença e que muitas vezes são desconhecidos pelo cidadão comum.

Esta ferramenta contra o abuso sexual, que é o guia, está enquadrada nas actividades do projecto alma, financiado pela Embaixada dos EUA através do Alumni Engagement Innovation Fund, enquanto participantes do IVLP 2018 nos EUA.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,15 abr 2021 10:52

Editado porAndre Amaral  em  16 abr 2021 9:33

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.