Cabo Verde, Madeira, Açores e Canárias lançam Livro Branco da Macaronésia

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,27 nov 2023 14:34

​O Ministério dos Negócios Estrangeiros, em parceria com as autoridades dos Governos Regionais da Madeira, Açores e das Canárias, lança terça-feira, na Praia, o Livro Branco da Macaronésia.

Segundo a Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, “Livro Branco da Macaronésia” é resultado do projecto INTEGRA (Integração de Mercados e Desenvolvimento Socio Económico da Macaronésia) implementado no âmbito do programa de cooperação INTERREG MAC 2014/2020.

Os parceiros, segundo a mesma fonte, esperam que o lançamento deste livro venha a servir de base para a definição de futuras estratégias económicas de integração no espaço Macaronésia.

Nesta edição, frisa o documento, os parceiros realçaram sectores/seguimentos económicos como áreas de elevado valor acrescentado para os arquipélagos de Cabo Verde, da Madeira, Açores e Canárias como turismo e comércio, Economia Azul, Economia Verde e Circular, e Economia Digital baseada no conhecimento.

Em cada um destes sectores, realça ainda o documento, apresentou-se áreas de actuação conjunta no domínio de transportes aéreos, ecoturismo, turismo de cruzeiros, turismo náutico, transporte marítimo, administração electrónica, formação, resíduos, água, energia eólica marítima e transição energética da Macaronésia.

O projecto INTEGRA surgiu na sequência da realização da 2º Cimeira dos Arquipélagos da Macaronésia (CAM), que teve lugar nos Açores (ilha de São Miguel) a 1 de Junho de 2018, sendo que na Declaração Final da Cimeira, assinada pelos Governos dos arquipélagos da Madeira, República de Cabo Verde, Canárias e Açores, constou o apoio a um projecto conjunto para a coordenação e acompanhamento das áreas estratégicas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,27 nov 2023 14:34

Editado porSara Almeida  em  28 fev 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.