Governo prepara programa operacional 2021/26 para o turismo

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,10 nov 2020 14:16

O governo tem em preparação o programa operacional do turismo 2021/26. O documento deverá ficar fechado em Dezembro e engloba um conjunto de projectos a serem realizados no país para a qualificação do destino

Garantia deixada esta segunda-feira, pelo ministro da tutela, Carlos Santos, durante o lançamento do “Tourism Recover”, um programa que pretende marcar a retoma do turismo no país.

“Está em preparação o programa operacional do turismo 2021/26 que elencará um conjunto de projectos que serão desenvolvidos pelo país para a qualificação do destino, para enformar aquilo que é o produto turístico nacional, por forma a termos maior competitividade lá fora, e para que possamos também fazer com que haja uma pulverização do turismo para todas as ilhas e não deixar o turismo ser dominado única e exclusivamente por um macro produto”, disse.

O Governo prevê o regresso de turistas às ilhas do Sal e da Boa Vista a partir de 15 de Dezembro, mas Carlos Santos recorda que não é uma questão que dependa apenas de Cabo verde

“Apontamos para Dezembro, porque nos contactos que temos tido com os grandes grupos é esta a data que se está a apontar para o reinício das operações”, afirmou.

“Temos que entender que o reinicio das operações turísticas vai depender não só de Cabo Verde, designadamente no que diz respeito à redução dos casos positivos - continuamos a ultrapassar aquilo que é a bitola definida da União Europeia - e vai depender da aceitação por parte dos países emissores”, acrescentou.

O ministro do Turismo e Transportes avançou que já foram enviadas cartas aos ministros dos Negócios Estrangeiros dos países emissores a anunciar o trabalho que está a ser feito nas ilhas, para assegurar a segurança sanitária.

“O objectivo é demonstrar que estamos a preparar-nos e temos as condições para receber [turistas], por forma a leva-los a aceitar a criação dos chamados corredores aéreos”, assegura.

O Programa Tourism Recover  lançado, esta segunda-feira, pelo Instituto do Turismo de Cabo Verde, conta com a parceria do PNUD e é financiado pela Cooperação Luxemburguesa. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,10 nov 2020 14:16

Editado pormaria Fortes  em  11 nov 2020 9:30

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.