Edição 1021

PorExpresso das Ilhas,23 jun 2021 0:05

Esta semana fazemos manchete com a decisão do governo de reverter a privatização da Cabo Verde Airlines.

O primeiro-ministro anunciou, no domingo, que o governo quer recuperar a posse da companhia aérea. Para sustentar esta decisão, Ulisses Correia e Silva avançou que o governo não está a "perspectivar, num futuro próximo, a injecção de capital por parte do parceiro estratégico, de forma a garantir a perenização e continuidade das operações da companhia".

Accionistas privados, um sindicato e os principais partidos políticos já se pronunciaram sobre o que esperam do futuro da companhia.

Também em destaque está a segunda parte da reportagem Dívida por Investimento. Nesta segunda vez que abordamos o tema falamos sobre ‘A reconversão que luta contra as alterações climáticas’. As trocas de dívida por natureza são mecanismos financeiros que permitem que partes da dívida externa de um país em desenvolvimento sejam perdoadas, em troca de compromissos de investimento na conservação da biodiversidade e medidas de política ambiental. A crise financeira global, devido à pandemia da COVID-19, cria uma oportunidade única para a reestruturação da dívida pondo o foco na preservação ambiental e na resiliência climática.

Na Economia trazemos à capa o novo relatório do Banco Mundial sobre o sector empresarial do Estado. Neste documento o Banco Mundial tece duras críticas à gestão das empresas estatais e, entre outras apreciações, diz que os conhecimentos técnicos no sector empresarial do Estado estão a ser preteridos em favor das nomeações políticas.

Na entrevista desta semana falamos com Frederic Mbassa, presidente do Instituto do Desporto e Juventude. Considerado como uma das grandes reformas do governo para o sector, o IDJ foi criado para gerir e executar toda a política pública na área do desporto e da juventude. Em entrevista ao Expresso das Ilhas Frederic Mbassa faz o balanço do primeiro ano de actividades do Instituto, fala dos ganhos, das limitações impostas pela COVID-19 e dos principais desafios para os dois sectores.

Na Política o destaque vai para o trabalho sobre as expectativas geradas em torno da criação do Ministério das Comunidades. É com expectativa que a diáspora encara a criação do novo Ministério das Comunidades. De Jorge Santos, o ministro, os emigrantes esperam a resolução de velhos problemas.

Destaque ainda para a nomeação de um novo conselho de administração para a EMPROFAC. A nomeação, pelo accionista único da empresa, o Estado de Cabo Verde, foi conhecida esta segunda-feira, 21, e surge numa altura em que a Emprofac volta a estar envolvida em polémica.

A ler, igualmente, a opinião de Silvino de Oliveira Lima com ‘Quando a unidade pode transformar sonho em realidade’

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,23 jun 2021 0:05

Editado porAndre Amaral  em  23 jun 2021 16:28

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.