Governo em diálogo sobre reforma do código laboral

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,2 fev 2022 16:08

O ministro da Família e da Inclusão e Desenvolvimento Social disse hoje que o Governo vai iniciar, dentro em breve, o diálogo de reforma do código laboral, para que haja maior capacidade e competitividade de pessoas com deficiências.

Elísio Freire deu esta garantia à imprensa ao presidir ao lançamento do Projecto CENORF-Móvel e o acto de entrega da viatura adaptada e equipada para descentralizar os serviços de reabilitação, para todas as ilhas do País.

O Governo, precisou, irá reforçar acções junto das associações que lidam com questões de deficiência e promover a mobilidade das pessoas com deficiência.

Conforme explicou Elísio Freire, a introdução de maior capacidade e competitividade de pessoas com deficiência no acesso ao mercado de trabalho passa por maiores incentivos às empresas cabo-verdianas, mas também por algumas alterações no próprio código laboral, cujo processo de reforma o Governo “vai iniciar daqui a pouco tempo”.

“O Código laboral envolve as empresas, os trabalhadores e iremos fazer isso num quadro de diálogo social muito forte e engajado, englobando os sindicatos, empresas. Não há nada pronto, estamos a iniciar o diálogo de reforma do código laboral que será sempre aquilo que for a vontade do conselho de concertação social”, aclarou.

Quanto a uma reportagem de um jornal da praça com algumas pessoas a falar que há fome em Cabo Verde, o ministro asseverou que a segurança alimentar é uma das questões sagradas pelo Governo que está a trabalhar para garantir a máxima segurança alimentar no País.

“Sabemos que a realidade é diferente do que era antes da pandemia, temos que fazer um esforço enorme. Nos últimos dois anos investimos mais de 20 milhões de contos no combate ao processo de pandemia nas várias áreas e queremos que todos vivam em tranquilidade, mas naturalmente que há famílias que ainda passam dificuldades”, admitiu o governante.

No entanto, acrescentou, não há nenhum país no mundo com pessoas fora da pobreza e não há nenhum país que não tenha problemas e Cabo Verde não é excepção, reiterando que trabalham todos os dias para a redução da pobreza e melhorar as condições de vida das pessoas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,2 fev 2022 16:08

Editado porAndre Amaral  em  2 fev 2022 17:15

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.