Fogo: Chuvas deixam primeiros estragos na cidade de São Filipe

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,17 ago 2023 7:56

​As primeiras chuvas registadas no início da tarde de ontem na cidade de São Filipe e um pouco pelas várias localidades da ilha deixaram estragos em várias ruas e vias.

O troço que liga Santa Filomena a Cruz dos Passos está intransitável e com vários buracos de alguma dimensão provocados pelas águas das chuvas e, conforme constatou a Inforpress, uma viatura terá caído num dos buracos, mas sem grandes consequências.

A praça de Cruz dos Passos está parcialmente coberta pelas enxurradas que desceram de Santa Filomena.

Na parte baixa da cidade de São Filipe, no acesso à praia de Fonte Bila pelo lado norte, nas proximidades da praça Pedro Monteiro Cardoso, a água que desceu da praça do Presídio provocou um buraco com alguma dimensão não permitindo a circulação de pessoas e de viaturas.

Em vários outros pontos da cidade é visível as enxurradas provocadas pelas águas que em algum sítio arrastou pedras das calçadas e pavês e muitas pessoas acusam a realização das obras de asfaltagem e de requalificação do centro histórico como sendo responsáveis já que alguns pontos de drenagem de agua pluviais foram destruídos e os poucos que ainda restam não tem capacidade para reter toda a água que desce da parte alta da cidade.

O vereador da edilidade de São Filipe responsável pelo sector da Protecção Civil, Euclides Fernandes encontrava-se nas ruas a inteirar-se dos danos da chuva que continua a cair.

“Foram apenas duas horas de uma chuva mansa e os danos são visíveis”, disse um morador do centro da cidade, indicando que a chuva ainda mal caiu e por isso prognostica prejuízos maiores devido ao trabalho que considera “mal feito”.

Além dos danos nas vias e ruas, também o espaço destinado aos feirantes cedeu devido à pressão das águas da chuva.

A Inforpress soube que algumas famílias da zona baixa da cidade e do bairro de Xaguate Baixo tiveram problemas com as águas das chuvas, mas o vereador da Protecção Civil não confirmou os dados, prometendo fazer um balanço, possivelmente, quinta-feira.

Por outro lado, a chuva foi recebida com alegria pela população da zona sul e centro da ilha que prevê para quinta-feira o início das sementeiras.

Na zona norte da ilha, tradicionalmente mais agrícola, onde os agricultores estão a iniciar a segunda monda a chuva foi recebida com alegria e esperança num bom ano agrícola.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,17 ago 2023 7:56

Editado porSara Almeida  em  3 mar 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.