Adeus AME. Olá KJF

PorDulcina Mendes,20 abr 2018 7:02

Afrotronix
Afrotronix

A sexta edição do Atlantic Music Expo encerrou ao som de Afrotronix, um grupo do Chade que veio a Cabo Verde mostrar o seu trabalho. Foram 40 minutos de muita música electrónica, com ritmos africanos.

Afrotronix fez o público dançar de início ao fim. Durante o show, o colectivo misturou um electro Dj, instrumentos ao vivo, apresentações de dança urbana africana e arte digital.

Assim terminou a sexta edição do Atlantic Music Expo. Foram três dias de workshops, conferencias, showcases, daycases, one to one meetings e feira. No final, o director geral do Atlantic Music Expo mostrou-se satisfeito com o evento deste ano.

“Ultrapassámos todas as nossas expectativas, tudo correu bem, tivemos 30 showcases, Marcha de Alfama de Portugal pela primeira vez, boas conferências e workshops, com temas muito pertinentes, com muita participação do público”, indicou.

Apesar de pouco tempo para organizar o evento, Gugas Veiga sublinhou que o resultado foi muito bom. “A abertura correu muito bem, tivemos a feira na Praça Alexandre Albuquerque com bom movimento, estamos satisfeito com todo o trabalho”.

Conforme o director, esteve na organização deste evento uma equipa de jovens e menos jovens que trabalharam muito.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado final. Acho que a população da Praia já sentiu que esse evento deve continuar, é algo positivo para o país”, indica.

Para a próxima edição, avança que vão começar a trabalhar já no mês de Maio. “Vamos ver os pontos negativos para melhorar e para tentar fazer um AME igual ou melhor que este ano”.

Kriol Jazz Festival está oficialmente aberto

Na sequência do encerramento do AME, a abertura da 10ª edição do KJF foi em grande, com a actuação dos dois grupos que serão homenageados: Os Tubarões e Bulimundo.

A abertura aconteceu com um vídeo sobre os dois grupos homenageados Os Tubarões e Bulimundo. De seguida, os grupos invadiram o palco, para brindar o público com os seus sucessos.

Na sexta-feira, primeiro dia pago, o palco será de Mário Lúcio (Cabo Verde), Nathalie Natiembé (Reunião), Stanley Jordan (EUA) e Seu Jorge (Brasil), e na última noite vão actuar Sara Tavares (Cabo Verde/Portugal), Ayo (Alemanha), Bantu (Nigéria) e o Kriol Band, formado por músicos como Jacob Desvarieux e Thierry Fanfant (Guadalupe), Jowee Omicil (Haiti), Boy G. Mendes e Hernani Almeida (Cabo Verde) e Mário Canonge (Martinica) e Yassy Garcia (Cuba).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,20 abr 2018 7:02

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  16 nov 2018 3:23

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.