Espanha promove gastronomia com I Festival da Tapa

PorChissana Magalhães,11 jun 2018 12:26

I Semana da Gastronomia Espanhola
I Semana da Gastronomia Espanhola(Embaixada de Espanha)

O governo espanhol submeteu à UNESCO a candidatura da tapa a Património da Humanidade. Cabo Verde entra no mapa de promoção deste prato de petiscos tipicamente espanhol com o Festival da Tapa, que começa hoje e segue até dia 16 de Junho na cidade da Praia.

O restaurante o Pescador é o parceiro da Embaixada de Espanha em Cabo Verde e vai acolher a Semana da Gastronomia Espanhola com o chef espanhol Marcelo Negreira, convidado especialmente para confeccionar não apenas as tapas mas também pratos completos da culinária espanhola para o menu de almoço e de jantar.

Negreira, formado pelo Centro Superior de Hosteleria de Galícia, explica que as tapas espanholas não são de alta cozinha ou extremamente elaborada mas sim “aperitivos simples onde se destacam as azeitonas, os queijos e os enchidos, acompanhados de batatas e pão e sobretudo de bons vinhos e cerveja”.

Mais do que simples petiscos e aperitivos, em Espanha as tapas são um costume com mais de um século de existência, havendo várias histórias e lendas sobre a sua origem. Os espanhóis chegam por vezes a preferir “tapear” do que fazer as suas refeições comuns.

Quanto aos pratos mais elaborados, para as refeições principais, vai confeccionar pratos de peixes e carnes a serem acompanhados por saladas e diferentes tipos de arroz. O arroz foi um dos poucos ingredientes que o chef trouxe na bagagem, preferindo apostar nos ingredientes locais, especialmente o peixe que já experimentou e elogiou.

Marcelo Negreira irá ainda orientar uma formação para os alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde e pequenos workshops nos restaurantes que participam nesta edição da Semana da Gastronomia Espanhola.

Para esta semana, o restaurante O Pescador está ainda a preparar uma transmissão especial do jogo de futebol Espanha-Portugal, no dia 15 de Junho (baptizado de Dia Ibérico). Na ocasião serão servidas, tanto no espaço Sabura Lounge (no restaurante) como no stand do restaurante na Porfesta (festa portuguesa a decorrer este fim-de-semana na Praça António Lereno) tapas e vinhos espanhóis.

image

Outros restaurantes envolvidos e que no Dia Mundial da Tapa, 21 de Junho, irão recriar a rota das tapas, são o Bica d’ Areia, O Poeta e Tambake. Nestes espaços gastronómicos os clientes poderão habilitar-se a um sorteio de produtos espanhóis.

Para a embaixadora de Espanha em Cabo Verde, Caridad Batalla, a gastronomia é uma forma de ligar os povos e as respectivas culturas, realçando as semelhanças entre Espanha e Cabo Verde quanto à ligação ao oceano, a uma forte cultura social, “ de divertimento e partilha”.

“Em Espanha tivemos este ano um record de entradas para turismo, com mais de 60 mil milhões de euros de lucro, e mais de 20% advém da gastronomia. Gostaríamos que Cabo Verde também aproveitasse dessa experiência espanhola. Gastronomia é algo muito importante no turismo”, observou a diplomata que vincou a importância atribuída pelo governo espanhol ao reservar um Dia Mundial da Tapa (criado há cinco anos) e a candidatura deste prato típico a Património da Humanidade, como forma de promoção da gastronomia e do turismo.

Caridad Batalla diz que é vontade da embaixada espanhola inscrever este evento no calendário anula da capital e ainda levá-lo a outras ilhas, aproveitando a presença crescente de empresas espanholas do ramo alimentar e não só, como a Emicela, a Frescomar (onde participa o grupo espanhol Ubago), a Atunlo, a cavibel (onde participa o grupo espanhol Equatorial Coca-Cola) que patrocinam a Semana da Gastronomia Espanhola.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Chissana Magalhães,11 jun 2018 12:26

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  11 jun 2018 15:01

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.