Sete projectos seleccionados no 1º edital de apoio á produção audiovisual

PorExpresso das Ilhas,16 jan 2019 15:03

Presidente da ACACV
Presidente da ACACV

Duas animações, uma ficção e quatro documentários foram os projectos escolhidos pelo júri do 1º edital da Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (ACACV) para distribuição de apoio financeiro a produções audiovisuais.

Dos dez projectos que concorreram ao montante de 300 contos – todos oriundos de Praia e Mindelo - três foram eliminados por não preencherem os requisitos. Houve duas candidaturas apresentadas por mulheres, tendo uma delas sido seleccionada.

Dois dos projectos escolhidos são de filmes de animação, facto destacado pelo presidente da ACACV e presidente do júri, Mário Benvindo Cabral.

“Achamos interessante. Até aqui só temos tido em Cabo Verde trabalhos impressos, ilustração e de banda desenhada, e gostamos de ver que já há projectos de animação audiovisual”, comentou.

Dos restantes projectos seleccionados um é para a produção de uma curta de ficção e os outros para documentários.

“Nós, povo das ilhas” de Elson Santos, “As aventuras de Manel e Blimundo” de Jaime Magalhães, “ E Quem Cozinha?” de Samira Vera-Cruz, “Inimigo Público nº1” de Mário Almeida, “A Fita Cor de Rosa” de Odair Varela Rodrigues, “Titio na Areia de João Paradela e “A problemática da apanha de areia na ilha de Santiago”, de Ercy Chantre, Heder Savy e Bruno Quebra foram os projectos de filmes escolhidos pelo júri formado por Mário Benvindo Cabral (realizador e presidente da ACACV), João Paulo Brito (actor e encenador) e Joaquim Livramento (realizador e chefe de produção da TCV).

“Por ser o primeiro edital adoptamos uma atitude mais pedagógica perante as propostas. Recebemos projectos com orçamentos muito elevados e que, pelo seu teor, torna-se difícil cumprir com a exigência do edital de entregar o filme pronto no prazo de um ano. Assim, vamos orientar os promotores dos projectos seleccionados no sentido de reorganizarem os mesmos de modo a tirar o melhor partido da verba que iremos disponibilizar e conseguir cumprir o calendário”, explica Mário Cabral que deixa o alerta de que aos promotores dos projectos premiados que não cumprirem o prazo de 12 meses para conclusão do filme fica vedada a possibilidade de concorrerem a futuros editais da ACACV.

Muita dinâmica em 2019

E já está em preparação o próximo edital que, segundo a ACACV, irá ter um aumento de 200 contos perfazendo um total de 500 contos de verbas atribuídas. Este segundo edital só será lançado no segundo semestre de 2019 mas a partir de Março – altura em que se assinala o aniversário da Associação – irá iniciar-se alguma divulgação sobre o mesmo para que os interessados tenham mais tempo de preparar um projecto.

“Para além das verbas concedidas pelos editais, a ACACV pretende também realizar uma aposta forte na formação com o objectivo de criar bases firmes para a expansão do cinema nacional”.

Sensível às dificuldades que os associados, e não só, têm apresentado de estruturar um projecto audiovisual a ACACV quer trazer durante este ano a Cabo Verde um especialista para ministrar um workshop em organização de projectos de cinema. A formação, integrada no plano de actividades da Associação aprovado na assembleia geral de Dezembro passado, resultará de uma parceria com a Cooperação Espanhola com quem a ACACV deverá assinar um protocolo.

Antes, em Fevereiro, acontece um workshop de escrita de roteiro para cinema. O formador será o brasileiro Caio Quinderé, com vasta experiência em escrita para teatro, cinema e televisão e também em direcção e produção para teatro, cinema e TV e que conta com alguns prémios no curriculo.

O curso estará disponível para associados da ACACV e outros interessados e irá contar com a parceria do Palácio da Cultura Ildo Lobo que acolhe a oficina.

No ano em que irá comemorar sete anos da sua criação a Associação prevê muita dinâmica, com várias outras formações (edição de vídeo e de fotografia, produção de documentários, entre outros) , celebração de protocolos, realização de uma residência artística, um fórum sobre a lei do Cinema e do mecenato e homenagem a alguns dos membros fundadores da associação. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,16 jan 2019 15:03

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  7 out 2019 23:22

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.