41 trabalhos publicitários submetidos a concurso

PorDulcina Mendes,17 mar 2020 14:33

Quarenta e um trabalhos vão concorrer na 4ª edição do Prémio Nacional de Publicidade (PNP). A gala, que estava prevista para o dia 20 deste mês, na cidade da Praia, foi adiada devido a pandemia do coronavírus.

Dos 41 trabalhos submetidos a concurso, por categoria regista-se a seguinte distribuição:  branding teve um candidato; branding activation, nove; campanha integrada, quatro; internet, quatro; print, um; rádio, nove; televisão, dez e universitários, três.

Essas informações foram avançadas esta terça-feira, pela EME – Marketing e Eventos, Lda, empresa organizadora do evento, em conferência de imprensa.   

Segundo a directora do Prémio Nacional de Publicidade, Maria Martins, este ano houve um aumento de 71% dos trabalhos inscritos a concurso. 

“Em todas as categorias de prémio, tivemos um crescimento e uma maior competitividade, em termos de inovações. Gostaria de sublinhar que criamos uma plataforma através da qual os trabalhos foram inscritos”, indica.

O presidente do júri, Aristides da Silva disse, também, que houve uma evolução significativa, em termos de quantidade, mas que a nível de qualidade, os trabalhos precisam ser melhorados.

“A nível da qualidade dos trabalhos diria que há uma percentagem que ainda precisa ser elevada a nível nacional, em termos de criatividade, produção e do produto final que deve submetido ao trabalho”, afirma.

Aristides da Silva apela aos concorrentes que primem pela qualidade dos trabalhos. “Temos que primar pela qualidade, o objectivo do prémio é validar e reconhecer a qualidade e a criatividade nacional. Acredito que devemos primar também enquanto criativos”.

Conforme a organização, os trabalhos premiados serão conhecidos na gala que vai acontecer assim que as condições melhorarem.  

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,17 mar 2020 14:33

Editado porSara Almeida  em  23 nov 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.