“Chiquinho” estreia na cidade da Praia

PorDulcina Mendes,20 ago 2021 12:31

A peça de teatro “Chiquinho” estreia nos dias 25 e 26 deste mês, na cidade da Praia. O anúncio foi feito hoje, pela companhia de teatro Fladu Fla, numa conferência de imprensa.

O resultado da adaptação da obra “Chiquinho” do autor Baltasar Lopes da Silva acontece nos dias 25 e 26 deste mês pelas 20h00, no Auditório Nacional Jorge Barbosa, na cidade da Praia. A estreia da peça em Cabo Verde acontece depois da apresentação do espectáculo no Festival de Periferia, na Casa de Teatro de Sintra, Portugal.

Segundo o presidente da companhia de Teatro Fladu, Fla Sabino Baessa, a ideia desse peça surgiu em 2019, onde estabeleceram parceria com a companhia de teatro de Sintra, Portugal.

“Nesta parceria, os actores do Fladu Fla foram participar do Festival de Periferia, na Casa de Teatro de Sintra, Portugal e com isso começaram a primeira fase da encenação. Fizemos a estreia no dia 13 de Março de 2020, em Portugal, sem a presença da plateia, por causa da pandemia”, conta.

Sabino Baessa afirmou que esta criação teatral é fiel à poesia deste romance e conta a história do protagonista a partir da sua infância, a sua juventude em São Vicente e o seu regresso à ilha de São Nicolau, até ao momento da sua partida para América.

O espetáculo conta com a apresentação de quatro actores cabo-verdianos da Cia Fladu Fla: Vandrea Monteiro, Jailson Miranda, Álvaro Cardoso e Alvino Mota. A dramaturgia e encenação esteve a cargo de Sabino Baessa (Fladu Fla) e Susana C. Gaspar (Chão de Oliva).

Conforme Sabino Baessa adaptar a obra “Chiquinho” de Baltasar Lopes da Silva para teatro é uma grande responsabilidade, pois a “obra em si tem o seu valor e para nós o trabalho dramatúrgico e a interpretação dos actores deve no mínimo reflectir aquilo que o autor nos ofereceu, através da obra”.

Para a co-encenadora, Susana Gaspar, o que será apresentado em palco são quatro actores num processo criativo de muita dedicação, trabalho e num processo em que os actores ascendem em palco.

“Chiquinho merece um palco e um auditório cheio, porque é uma obra incontornável, da literatura mundial”, sublinha.

A peça, uma co-produção que tem a duração de 50 minutos, resulta de uma parceria entre a Companhia de Teatro Fladu Fla e Chão de Oliva – Companhia de Teatro de Sintra – Portugal. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,20 ago 2021 12:31

Editado porSara Almeida  em  21 ago 2021 16:22

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.