Desporto, inovação e emprego

PorLeonardo Cunha,18 mai 2020 7:42

O desporto como ferramenta de desenvolvimento humano pode criar potenciais impactos sociais positivos e inovações. O desporto pode desempenhar um papel fundamental nas áreas de bem-estar social, juventude, emprego e turismo responsável.

Os programas desportivos de base (ou grassroot sports) demonstraram em várias situações serem de grande valor comunitário e que se pode tornar num processo de alavancagem de uma rede de fornecimento de serviços sociais ou serviços dirigidos às comunidades.

Na área do bem-estar social, evidencias mostram que os jovens atletas e suas famílias podem encontrar em clubes desportivos e associações locais vários serviços sociais que promovem o desenvolvimento comunitário. Exemplo disso, pode ser encontrado em Itália, onde as organizações desportivas de base estão a experimentar o desenvolvimento de serviços com o objetivo de preencher a lacuna deixada pelo serviço público. Assim, conseguem expandir sua oferta em termos de qualidade e quantidade de serviços para aumentar a base de associados ou potenciais clientes. Dentro desta área de serviços podemos encontrar serviços de saúde ou serviços de wellness.

Uma segunda área de desenvolvimento, diz respeito á mitigação de longos e altos níveis de desemprego juvenil que afetam os jovens dos 18 a 29 anos. Organizações desportivas de base podem receber e acolher jovens, treinando-os para uma oportunidade de trabalho futuro. Essas ações satisfazem uma necessidade social (empregabilidade) e também responder às necessidades funcionais e operacionais das organizações desportivas de base. Estas organizações habitualmente enfrentam um período de crise financeira. A falta de recursos financeiros normalmente fornecidos pelos governos locais pede soluções novas. Assim, a formação de jovens tem um efeito colateral: oportunidades abertas de financiamento (esses programas são geralmente financiados por fundos internacionais e regionais) e reduzir a lacuna do mercado de trabalho. Assim, torna-se mais fácil encontrar pessoas para se inscrever na organização.

A inovação para os agentes privados é uma forma de (1) iniciar novos negócios, (2) experimentar novos modelos de negócios e serviços, (3) desenvolver novas tecnologias e (4) ancorar fundos para a criação de novos empregos em uma era de crises no mercado de trabalho. Isto é valido para o sector da indústria e serviços, mas também vale para o movimento associativo desportivo.

Para o desenvolvimento e crescimento, com investimento na inovação, deve haver uma abordagem sistêmica e um modelo de governança aberto e de apoio a mecanismos inovadores. Estes devem ser geridos por um sistema de governança (Strategic Niche Management) no qual todos as partes interessadas estarão envolvidos e informadas num sistema de monitoramento.

Existem dois caminhos para delinear a inovação sustentável. Um é no campo da pesquisa e outro o do mundo dos negócios. As inovações de base são uma forma específica de inovação sustentável. Eles desenvolvem-se em nível local graças aos esforços das comunidades que tentam resolver as necessidades sociais não atendidas (através da geração de frameworks de geração de impacto partindo da teoria da mudança).

Embora os principais impulsionadores associados a essa inovação sejam as necessidades sociais e a ideologia locais, a sustentabilidade requer uma abordagem multidisciplinar e de cooperação. É sempre necessária uma abertura entre múltiplos atores para alcançar soluções como resposta positiva a problemas complexos. Essa premissa é apoiada pela necessidade de parcerias em diferentes níveis, conforme previsto pela Meta 17 dos objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas. É uma premissa fundamental e estratégica do ponto de vista operacional, pois afeta a forma como os atores locais definem a sustentabilidade, compartilham visão, desenvolvem estratégias e promovem a inovação a partir da força das redes relacionais. O setor desportivo é uma área extremamente interessante de análise empírica e mantem-se como importante área de desenvolvimento comunitário. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Leonardo Cunha,18 mai 2020 7:42

Editado porSara Almeida  em  18 mai 2020 16:54

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.