​Cabo Verde falha jogo de hoje frente à Alemanha. Há mais dois jogadores infectados

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,17 jan 2021 8:51

A Selecção nacional de Andebol falha hoje o segundo jogo da primeira fase de grupo do 27º Campeonato do Mundo, Egito’21 frente à Alemanha. Em causa o facto de mais dois jogadores terem testado positivo para o novo coronavírus após o primeiro embate de sexta-feira com a sua congénere da Hungria, anunciou a FCA.

Em nota de imprensa emitido ao início da noite deste sábado, o presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA), Nélson Jesus, explicou que após o jogo contra à seleção de Hungria, a equipa completa, os 11 elementos, foi submetida a mais um teste e, destes testes surgiram, “inexplicavelmente”, mais dois casos positivos, reduzindo a Seleção Nacional para nove elementos, que contraria o regulamento da competição onde, nenhuma equipa é permitida comparecer, no terreno do jogo, com menos de dez elementos.

“Perante a situação real, com apenas 9 (nove) jogadores, a equipa técnica, sem outra alternativa, optará pela falta de comparência onde, valerá à Seleção Nacional uma derrota por uma diferença de 10 (dez) golos”, informa.

A partida entre Cabo Verde e Alemanha está agendada para hoje.

Na nota de esclarecimento, a FCA refere que a seleção nacional da modalidade, ao entrar no território egípcio, no dia 13 de Janeiro, os quatros atletas que tinham recuperado da COVID19, em Portugal, com testes negativos, voltaram a acusar positivo na despistagem feita, no local da competição, pela organização do evento. No dia seguinte, segundo o presidente do organismo, toda a comitiva foi submetida a novos testes e, enquanto aguardava pelos resultados, a equipa foi autorizada a realizar a primeira sessão de treino longe dos olhares e/ou contactos com o ambiente da competição, outras seleções nacionais e comitivas.

No dia 15 de janeiro, a equipa composta por 11 jogadores, depois de ter sido declarada pelas autoridades da saúde local nenhum caso positivo a COVID19, saiu diretamente do Hotel onde a organização utilizou para atestar a despistagem a COVID’19 para o primeiro jogo contra a Seleção Nacional de Hungria, que Cabo Verde perdeu por 27-34.

De acordo com a mesma nota, após o embate, a equipa foi submetida a mais um teste “e, destes testes surgiram, inexplicavelmente”,mais dois casos positivos, o que inviabiliza a participação nacional à luz do regulamento da competição que não permite a comparência, no terreno do jogo, com menos de dez elementos.

“Contudo, o objetivo da Seleção Nacional não ficará colocada em causa, visto que, a logística da Federação Cabo-verdiana de Andebol já encetou às démarches necessárias para ultrapassar a situação, providenciando, para o mais breve possível, a chegada à Cairo e, integração na Equipa Principal, de mais quatro atletas de Andebol vindos desde Cabo Verde e Portugal”, assegura.

A Federação Cabo-verdiana de Andebol garante que tudo fará para lutar desportivamente a favor do andebol cabo-verdiano e da equipa de todos nós, que pela primeira vez está a ter a honra de participar no campeonato mundial da modalidade.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,17 jan 2021 8:51

Editado porFretson Rocha  em  16 out 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.