Osaka e a saúde mental dos atletas

PorLeonardo Cunha,4 jun 2021 9:01

Naomi Osaka é neste momento a número 2 do ranking mundial de Tenis WTA. Esta semana acaba de ser multada em 15.000 dólares americanos por não fazer entrevistas aos meios de comunicação após a vitória sobre a romena Patrícia Maria Tig. As regras do Grand Slam dizem que os jogadores podem ser multados até 20.000 dólares por não cumprirem as suas obrigações mediáticas, com a Associação de Ténis Feminino (WTA). As regras ditam que as atletas "têm a responsabilidade de falar com os seus fãs” e para devem falar com a comunicação social durante as competições.

Osaka, respondeu que a sua recusa de falar com os meios de comunicação social deve-se ao facto de "Muitas vezes senti que as pessoas não têm respeito pela saúde mental dos atletas e isso é verdade sempre que vejo uma conferência de imprensa ou participo numa. Muitas vezes estamos sentados e fazemos perguntas que já nos fizeram várias vezes ou que nos fizeram perguntas que trazem dúvidas e não me vou sujeitar a pessoas que duvidam de mim."

A multa é, naturalmente, financeiramente irrelevante para a atleta feminina mais bem renumerada do mundo. De acordo com Forbes.com, num ano de 2019 na qual estava totalmente ativa, Osaka encaixou 37,4 milhões de dólares, mais do que qualquer outra desportista (até Serena Williams) alguma vez tinha ganho num só ano.

Mas as polémicas foram mais longe, com um comunicado conjunto dos quatro organizadores do Grand Slam a dizer que Osaka também enfrenta "multas mais substanciais e futuras suspensões do Grand Slam". A posição dos organizadores é a seguinte: "Um elemento central dos regulamentos do Grand Slam é da responsabilidade dos jogadores em se envolverem com a comunicação social, qualquer que seja o resultado do seu jogo, uma responsabilidade que os jogadores assumem em benefício da modalidade, dos adeptos e de si próprios. Estas interações permitem que tanto os jogadores como os meios de comunicação partilhem a sua perspetiva e para que os jogadores contem a sua história. A facilitação dos meios de comunicação a um vasto leque de canais, tanto tradicionais como digitais, é um dos principais contribuintes para o desenvolvimento e crescimento do nosso desporto e para a base de fãs de cada um dos jogadores."

Em resposta, Osaka tweetou "a raiva é uma falta de entendimento. A mudança deixa as pessoas desconfortáveis”. Esta interação é sem dúvida uma pressão enorme com todos os tenistas na qual, a toda a hora, se espera que apareçam para comunicar com a imprensa. A imprensa pode não gostar, mas o atleta não tem de falar numa zona mista. Para os atletas que ganham medalhas haverá uma necessária, mas não obrigatória, conferência pós-evento. Contudo, é das primeiras ocasiões que um atleta é multado por faltar a um.

Osaka mostrou no passado ser uma atleta muito ativa nas causas sociais, principalmente da forma como se envolveu com o movimento de protesto Black Lives Matter no último ano. Apenas ela sabe o que sente neste momento.

Num momento em que a incerteza à volta do desporto é enorme e os atletas sofrem diariamente com pressões da mais variada ordem, incluindo a influência na sua saúde mental pelo momento anormal que vivemos com a pandemia, era no mínimo razoável existir uma maior preocupação por parte do bem estar dos atletas mesmo que seja num sistema de alta competição.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Leonardo Cunha,4 jun 2021 9:01

Editado porAndre Amaral  em  5 jun 2021 8:27

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.