Desporto e empregabilidade - II

PorLeonardo Cunha,28 jan 2022 8:25

Neste segundo artigo sobre o tema do desporto e empregabilidade é importante evidenciar que a utilização do desporto no contexto da empregabilidade de jovens e a promoção de escolas vocacionais ainda é uma nova abordagem em termos globais. Experiências recentes evidenciadas por programas de “desporto para o desenvolvimento” mostram que existem várias formas impactantes para a criação de oportunidades de emprego e de empreendedorismo.

As competências relevantes para o mercado de trabalho, tais como tomada de decisão, comunicação, orientação-alvo e trabalho em equipa podem ser integradas no coaching desportivo e adquiridas pelos participantes no campo desportivo. Com base em programas desportivos, os participantes podem também adquirir importantes competências práticas para o mercado de trabalho que vão além do campo desportivo. Exemplo disso, são competências que podem ser aplicadas na condição de jovens treinadores, árbitros, administradores de equipas e organizadores de torneios ou eventos desportivos.

O entusiasmo pelo desporto também pode ser usado para tornar as atividades de orientação vocacional existentes mais apelativas e mais interessantes para os jovens e para alcançar grupos-alvo que de outra forma são difíceis de aceder. As sessões de coaching desportivo podem ser integradas em atividades de orientação profissional (por exemplo, dias de orientação ou feiras de emprego). Inversamente, os eventos desportivos (acampamentos de verão, festivais desportivos) também podem ser usados como forma de transmitir informações sobre oportunidades de formação aos jovens participantes ou para dar aos jovens a oportunidade de ganharem a sua primeira experiência prática em determinados empregos.

É importante também considerar o papel dos treinadores. Eles são exemplos importantes para crianças e jovens, uma vez que os atletas atribuem grande importância à sua opinião. Com base nas suas atividades de coaching, os treinadores que sejam treinados podem ajudar os jovens com a sua integração no mercado de trabalho. Por exemplo, podem aconselhar os seus jogadores sobre escolhas importantes de vida, ou apoiá-los na escrita dos seus CVs e candidaturas de emprego, ou mostrar-lhes onde procurar mais informações, orientação e aconselhamento sobre o emprego. A integração de coaching desportivo de alta qualidade nas escolas profissionais pode aumentar o apelo dessas escolas. As atividades desportivas regulares também reforçam a capacidade de aprendizagem, motivação e estilo de vida saudável dos participantes, e melhoram o clima social nas escolas profissionais.

É possível ajudar os jovens a desenvolverem as suas próprias ideias de negócio relacionadas com o desporto, por exemplo, como organizadores de programas desportivos ou fabricantes de equipamentos desportivos. Os postos de trabalho no sector desportivo, como o trabalho como treinador desportivo ou em clubes desportivos, também oferecem aos jovens um ponto de entrada no mercado de trabalho.

O desporto pode facilitar o acesso à formação profissional e torná-lo mais apelativo. Importante fornecer aos praticantes e teóricos que operam no domínio do desporto para o desenvolvimento uma visão geral das formas como o desporto pode ser utilizado no contexto da empregabilidade. A revisão das diferentes abordagens e áreas prioritárias, oferece uma visão das lições práticas aprendidas e dos resultados alcançados até agora e cria uma base de programas para esta área de desenvolvimento social.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Leonardo Cunha,28 jan 2022 8:25

Editado porAndre Amaral  em  12 ago 2022 23:29

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.