Aumento de receitas do IVA impulsiona receita fiscal

PorExpresso das Ilhas, Lusa,6 ago 2019 8:31

​As receitas fiscais aumentaram quase 5% no primeiro trimestre de 2019, em termos homólogos, impulsionadas pelo Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), que cresceu 8,6%.

De acordo com o relatório de Indicadores Económicos & Financeiros do Banco de Cabo Verde, de final de Julho e ao qual a Lusa teve hoje acesso, as receitas fiscais incluem também o Imposto Único sobre o Rendimento, que cresceu 3,1% no primeiro trimestre.

No total, em termos homólogos, as receitas fiscais subiram em Cabo Verde 4,9% entre Janeiro e Março, registo que ainda assim compara com o aumento de 6,7% do primeiro trimestre de 2018 (face ao mesmo período de 2017).

O relatório não quantifica os valores absolutos do crescimento nas receitas fiscais.

Contudo, é referido que em 2018 o Estado conseguiu arrecadar 96,1% dos 42.327 milhões de escudos de receitas orçamentadas para todo o ano pelo Governo, verba equivalente a 40.676 milhões de escudos.

Face ao primeiro trimestre do ano passado, a arrecadação de receita através do IVA disparou para 8,6%, contra os 5,8% do mesmo período de 2018. 

Já a cobrança de Imposto Único sobre o Rendimento compara com o aumento de 9,3% registado no primeiro trimestre de 2018, o que se traduz numa quebra do crescimento para um terço, em 2019.

Em 2018, o Estado arrecadou praticamente a totalidade da receita de IVA que estava orçamentada para o exercício do ano, que foi de 16.258 milhões de escudos, enquanto o Imposto Único sobre o Rendimento rendeu 12.927 milhões de escudos.

O mesmo relatório do banco central refere que as despesas do Estado com pessoal cresceram 22,8% no primeiro trimestre, face ao mesmo intervalo de 2018, e que a aquisição de bens e serviços aumentou, no mesmo período, 10,7%.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,6 ago 2019 8:31

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 out 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.