Confiança dos consumidores continua positiva

PorExpresso das Ilhas,30 jan 2020 9:48

Os dados são relativos aos últimos três meses de 2019. INE diz que em termos homólogos houve um aumento da confiança dos consumidores.

"No último trimestre do ano 2019, o indicador de confiança no consumidor manteve no mesmo nível relativamente ao trimestre anterior", anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística que acrescenta que em termos homólogos se observou "uma evolução positiva".

Um resultado que se explica "pela apreciação positiva das famílias sobre a sua situação económica actual, a situação económica do país e a situação financeira das famílias para os próximos 12 meses, relativamente ao trimestre homólogo". Ou seja, para as famílias que participaram no inquérito organizado pelo Instituto Nacional de Estatística, "tanto a sua situação económica do seu lar como a económica do país evoluíram positivamente relativamente ao trimestre homologo. Na opinião dos inquiridos, os preços mantiveram-se estagnados e, nota-se uma queda significativa do desemprego relativamente ao mesmo período do ano 2018".

Ainda assim, apesar das perspectivas positivas anunciadas pelo INE, 83,2% dos inquiridos  disse que a conjuntura económica actual não permite a poupança de dinheiro. Um aumento relativamente ao trimestre homólogo quando esse valor era de 63,8%.

Já relativamente à evolução dos preços de bens e serviços o inquérito do INE concluiu que estes "deverão aumentar face ao trimestre homólogo" acompanhadas por uma evolução positiva da situação financeira das famílias como da situação económica do país.

Quanto à compra de carro, 75% dos inquiridos anunciou que "não tencionam comprar um carro nos próximos dois anos", um cenário semelhante à da compra de casa em que apenas 24,2% "afirmaram que sim, provavelmente têm o propósito de construir ou comprar uma casa (contra 14,1% no período homologo)".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,30 jan 2020 9:48

Editado porSara Almeida  em  1 jun 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.