TAP cancela mais 2.500 voos para fazer face às "quebras nas reservas"

PorExpresso das Ilhas, Lusa,9 mar 2020 16:42

A TAP decidiu cancelar mais 2.500 voos nos “próximos meses” para fazer face às "quebras nas reservas" devido ao coronavírus, totalizando assim os 3.500, depois de anunciar 1.000 cancelamentos na semana passada, segundo um comunicado.

“A companhia decidiu reduzir a capacidade para os próximos meses em cerca de 2.500 voos adicionais, um ajustamento que se junta ao anunciado na semana passada, de 1.000 voos, resultando assim estas medidas numa redução total da oferta de 3.500 voos, equivalentes a 7% dos voos programados em Março, 11% em Abril e 19% em Maio”, referiu a transportadora.

Segundo a TAP, “estas medidas justificam-se pela quebra nas reservas de viagens para os próximos meses que se tem verificado nos últimos dias”.

A 5 de Março a TAP havia já anunciado a decisão de reduzir a capacidade em Março e Abril devido ao “forte abrandamento” nas reservas, em pleno surto de Covid-19, num total de 1.000 voos.

“O volume de reservas para Março e Abril mostra, desde as últimas duas semanas, quebras significativas relativamente ao ano passado”, explicou, então, a companhia aérea também em comunicado.

“Este forte abrandamento da procura faz com que a TAP tenha procedido ao cancelamento imediato de voos com menor procura, reduzindo a capacidade em 4% em Março e 6% em Abril, o que representa um total de cerca de 1.000 voos”, acrescentou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,9 mar 2020 16:42

Editado porSara Almeida  em  8 abr 2020 12:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.