Preços da oferta turística diminuíram (-3,5%) no primeiro trimestre de 2020

PorSheilla Ribeiro,20 abr 2020 11:37

A taxa de variação homóloga registada pelo índice de Preços Turísticos (IPT) foi de -3,5 por cento (%) no primeiro trimestre deste ano, resultado inferior em 0,9 pontos percentuais (p.p.) face ao valor registado no trimestre anterior, revelou o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Segundo o boletim hoje divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a variação trimestral observada no primeiro trimestre de 2020 foi de 2,3%, valor superior em 1,3 p.p. ao valor registado no trimestre anterior que apresentou uma variação de 1,0%, reflexo do padrão de sazonalidade deste indicador.

No primeiro trimestre de 2019 esta variação tinha sido positiva e relativamente intensa (1,4%), situando-se 0,9 p.p. acima da actual.

De acordo com a mesma fonte, a classe dos Hotéis, Cafés e Restaurantes apresentou uma variação homóloga de -3,5%, 0,9 p.p. acima da que se verificou no trimestre anterior. A esta variação, explica o INE, correspondeu uma contribuição de -3,49 p.p. para a variação do IPT Total.

O alojamento que corresponde a 67,8% da despesa turística com especial destaque para os Hotéis registou uma contribuição negativa (-3,5 p.p.) de sinal idêntico à do trimestre anterior, mas de menor intensidade (2,7 p.p. face à do trimestre anterior).

A Restauração cujo peso representa cerca de 31,1% da despesa turística, pelo contrário apresentou uma contribuição positiva (0,02 p.p.) mais baixa (-1,86 p.p.) que a do trimestre anterior.

Por outro lado, o INE informa que o movimento dos preços das dormidas em Hotéis (com uma contribuição de -3,5 p.p.) foi completamente determinante para este comportamento do IPT total.

O documento explica que a taxa de variação no trimestre em análise foi de 2,3%, superior em 1,3 p.p. à registada no trimestre anterior em que se situara em 1,0%. No mesmo trimestre do ano anterior verificara-se igualmente uma variação em cadeia positiva (1,4%), superior em 7,2 p.p. à do quarto trimestre de 2019.

A INE avançou que estes resultados são a consequência de movimentos sazonais de natureza mensal, com particular incidência na componente de alojamento. Concretamente, a variação trimestral revela, contrariamente ao trimestre anterior, um aumento dos preços dos serviços de alojamento.

Nos serviços prestados por Hotéis verificou-se um aumento dos preços (3,6%), nos Aldeamentos Turísticos um crescimento de 2,1% e nos Restaurantes de 0,1%. Nos restantes serviços turísticos registaram-se variações nulas face ao trimestre anterior.

A nível das Ilhas, todas elas apresentaram variações trimestrais de sinal positivo. Boa Vista (4,3%), Santo Antão (1,8%), São Vicente (1,3%), Sal (0,2) e de Santiago (0,1%).

As ilhas da Boa Vista e do Sal que detêm 91,8% da atividade a nível nacional apresentam uma marcada contribuição negativa para variação homóloga trimestral do IPT total (-3.37 p.p. e -0,21 p.p. respectivamente).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,20 abr 2020 11:37

Editado porSara Almeida  em  21 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.