Confiança dos consumidores em queda

PorAndre Amaral,4 ago 2020 9:41

A confiança dos consumidores nacionais deu, no primeiro trimestre deste ano, sinais de quebra quando comparada com o mesmo período de 2019.

A título de exemplo, o Instituto Nacional de Estatística revela hoje que 92,5% do cabo-verdianos sentiu que, nos primeiros três meses deste ano, foi impossível poupar dinheiro tendo em conta a conjuntura actual. Em comparação, esse valor era de 70,2% em igual período do ano passado.

No relatório de confiança dos consumidores, hoje publicado, o INE aponta que de "acordo com os inquiridos, para os próximos 12 meses, tanto a situação financeira das famílias como a situação económica do país deverão evoluir negativamente face ao trimestre homólogo. Para as famílias inquiridas, os preços de bens e serviços deverão aumentar e o desemprego deve manter no mesmo nível face ao trimestre homólogo".

O inquérito mostra que igualmente que 79% das pessoas revelaram que não têm intenção de comprar carro nos próximos dois anos e a construção ou compra de casa é algo que apenas 2,6% dos inquiridos admite como possível.

Ainda assim, questionados sobre a situação actual e passada, as pessoas ouvidas pelo INE defenderam que "tanto a sua situação económica do seu lar como a situação económica do país evoluíram positivamente relativamente ao trimestre homologo. Na opinião dos inquiridos, os preços de bens e serviços diminuíram face ao trimestre homólogo e nota-se que o desemprego diminuiu relativamente ao mesmo período do ano 2019".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,4 ago 2020 9:41

Editado porSara Almeida  em  17 dez 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.