Covid-19: Grupo RIU inaugura em Fevereiro hotel de 1.001 quartos no Sal

PorExpresso das Ilhas, Lusa,21 jan 2021 9:10

O grupo hoteleiro RIU prevê concluir em Fevereiro a construção, na ilha do Sal, de um dos seus maiores hotéis, com 1.001 quartos e um investimento superior a 100 milhões de euros, tendo iniciado já as vendas para Março.

De acordo com informação daquele grupo, de origem espanhola, consultada hoje pela Lusa, o Hotel RIU Palace Santa Maria, de cinco estrelas, funcionará em regime de “tudo incluído 24 horas por dia” e, além de cinco piscinas, terá um parque aquático.

O grupo, que já dispõe de outras unidades na ilha do Sal, a mais turística de Cabo Verde, prevê a inauguração do novo hotel em Fevereiro.

Segundo consulta feita pela Lusa, a ocupação do hotel está a ser vendida para início de Março deste ano, numa altura em que as unidades hoteleiras da ilha começam a reabrir portas, aos poucos, depois do encerramento de toda a actividade turística há quase um ano, com o encerramento do arquipélago a voos internacionais para conter a pandemia de covid-19.

As obras de construção do hotel representam actualmente o maior movimento na ilha, com centenas de trabalhadores envolvidos, contrastando com a ausência de turistas nas praias e pelas ruas de Santa Maria.

“No meio da pandemia, as obras deste empreendimento de grande qualidade não pararam. No próximo mês de Fevereiro está prevista a sua abertura”, afirmou o ministro das Finanças, Olavo Correia, que no fim de semana visitou o local.

“Estamos perante um sinal de enorme confiança que o Grupo RIU deposita em Cabo Verde e no futuro do nosso país. Trata-se de um investimento de grande escala. São mais de 100 milhões de euros nesta fase, com mais de 1.000 quartos, e que vai empregar mais de 600 pessoas, permanentemente”, enfatizou o governante.

Depois de um recorde de 819 mil turistas em 2019, Cabo Verde perdeu, segundo estimativas do Governo, mais de meio milhão de turistas em 2020, devido à pandemia de covid-19, estimando iniciar a recuperação da atração turística, setor que garante 25% do Produto Interno Bruto (PIB) cabo-verdiano, ao longo deste ano.

“Estamos confiantes em como o ano de 2021 vai ser o ano da retoma do turismo em Cabo Verde. Da parte do Governo, na ilha do Sal, temos estado a intervir para garantir as melhores condições para recebermos os turistas”, afirmou Olavo Correia, garantindo que foram criadas condições sanitárias no aeroporto internacional, nos hotéis e nas unidades de saúde locais.

“Neste momento, temos tido boas notícias sobre as operações áreas e dos operadores turísticos para o reinício das atividades”, acrescentou Olavo Correia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,21 jan 2021 9:10

Editado porAndre Amaral  em  6 mar 2021 6:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.