Cimpor quer explorar pozolanas em Santo Antão e apresenta plano de investimento em cerca de 5 milhões de contos

PorSheilla Ribeiro,13 mai 2022 9:41

A Cimpor, cimenteira portuguesa, apresentou ao governo um plano de investimentos de 48 milhões de euros, cerca de 5.5 milhões contos, com o objetivo de reforçar a parceria estratégica. Entre outros investimentos, este plano inclui uma proposta para a concessão da exploração de pozolanas na ilha de Santo Antão.

De acordo com um comunicado da empresa, a exploração de pozolanas em Santo Antão é um investimento crucial para o desenvolvimento da sua actividade, assim como para o crescimento da economia local.

O CEO da Cimpor Portugal e Cabo Verde, Luís Fernandes, garante que “a Cimpor está a desenvolver em todas geografias em que opera uma política de redução acelerada de emissões de CO2 associadas ao cimento. O recurso à incorporação de pozolanas, entre outras matérias-primas, na produção de cimento é uma das medidas fundamentais para a obtenção dos objetivos pretendidos”.

Já João Brito e Cunha, Administrador da Cimpor em Cabo Verde, explica que “estes investimentos surgem na sequência do reforço da aposta da nossa empresa no País, nomeadamente em novas áreas da economia cabo-verdiana.

“Também demonstrámos interesse em diversificar investimentos, quer na gestão e na concessão portuária, quer na produção de energia renovável”, conclui o responsável, citado no comunicado.

Presente em Cabo Verde desde 2005, a Cimpor é líder no mercado de cimento, de cimentos cola e de aço. Em termos de produção de betão e agregados foi concretizado um conjunto de investimentos superiores a 6 milhões de euros na instalação de duas novas centrais de britagem, e duas novas centrais de betão nas ilhas de Santiago e do Sal.

As reservas de pozolana – rocha de origem vulcânica que se adiciona e reforça o cimento – estão estimadas em 10 milhões de toneladas na ilha de Santo Antão, concentradas nas proximidades da cidade do Porto Novo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,13 mai 2022 9:41

Editado porAndre Amaral  em  25 mai 2022 11:19

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.